Header Ads

Você está perdendo um amigo ou apenas se afastando?


Você acha que está realmente perdendo um amigo, ou há outras razões para que ambos estejam se afastando? Encontre a resposta aqui.



Já se perguntou por que ficamos com alguns amigos e por que nos afastamos dos outros? Você está se perguntando por que você está perdendo um amigo, mesmo se esforçando para segurar esse amigo? Eles dizem que a amizade é inabalável, leal e um elo que nos une por toda a vida. Mas quando isso é verdade?


A verdade por trás de perder amigos ou se afastar


Todos nós temos lembranças especiais com amigos.

E eles ainda fazem parte das conversas de vez em quando.

Mas o que aconteceu com aqueles melhores amigos com quem você compartilhou tantos momentos felizes ao longo dos anos?

Você pode se lembrar da maioria de seus nomes e pode estar em contato com alguns daqueles velhos amigos. Mas o seu relacionamento não é como antes.



E por mais que você queira negar que se afastou, não pode esconder o fato de que sua amizade com um bom amigo não é mais a mesma.

Você pode falar com seus melhores amigos de vez em quando, mas a conexão uma hora quebra. Todos nós terminamos amizades de vez em quando, e podemos nunca realmente entender o verdadeiro motivo.

Por que você escolhe certos amigos e evita outros?


Você pode assumir que escolhe seus amigos com base na compatibilidade ou na natureza deles, mas, na realidade, as razões são muito mais profundas do que você imagina. [Leia: Atração interpessoal: porque gostamos de algumas pessoas e odiamos outras?]

Por que os amigos realmente perdem um ao outro?


Por que você acha que se afastou de um amigo? Você acha que seu melhor amigo começou a evitá-lo sem nenhum motivo?

A maior razão pela qual os amigos perdem contato uns com os outros, passam a se evitar, é porque eles não têm mais nada a ganhar com o outro amigo!



É estranho, mas é a verdade nua e crua. Amigos perdem o interesse porque não há mais motivos para se manterem em contato. Você pode subconscientemente sentir que está tendo um melhor tempo com outra pessoa, o que pode levá-lo a ignorar um melhor amigo mais antigo porque, simplesmente, um de vocês não precisa mais do outro.

Os amigos se afastam porque não têm mais nada para conversar, não têm mais nada para compartilhar e um de vocês começou a acreditar que é melhor que o outro.

Escolhendo namorados(as) e amigos


Todos nós temos nossas preferências quando se trata de escolher um parceiro. A mesma regra não se aplica a amigos também? Você fica perto dos que importam e evita ou até ignora os que não importam mais.

Na amizade e em um relacionamento, precisamos de alguém que possa nos apoiar, nos ajudar em momentos de necessidade e de alguém que seja útil para nós. Tudo se resume a apoio mútuo, por que não amizades? Se você acha que ficaria mais legal ou se tornaria mais popular saindo com alguém, você precisa dar a esse alguém outra coisa em troca de compartilhar o mesmo carinho com você. 

Todos nós preferimos passar tempo com pessoas de mentalidade similar, ou pessoas que consideramos nossos iguais, com estilos de vida semelhantes ou interesses comuns. Realmente agora, você se sentaria com alguém em silêncio por uma hora? Não! Você falaria sobre seu trabalho ou falaria sobre os problemas que você tem com seus respectivos parceiros.



Digamos que você tenha subido na vida e se tornado um multimilionário agora. Se você cancelou sua reunião com alguns chefes de organizações para conversar com um amigo que você não via há um ano, você acha que seria feliz?

É incrível conhecer seu amigo, ainda melhor se for uma paixão gostosa. Mas se você fosse sentar e conversar, você falaria sobre seu trabalho e seu estilo de vida, e seu amigo poderia falar sobre sua vida como um viajante mochileiro ou a vida nos degraus mais baixos de uma empresa. Você levaria menos de quinze minutos para perceber que há coisas melhores para fazer do que apenas sentar, desperdiçar o tempo um do outro e falar sobre algo que você não entende. 

As amizades giram em torno de interesses e status social, e, por mais que você tente, é mais fácil permanecer amigo apenas quando ambos são iguais ou compartilham interesses comuns.

Quando as amizades sofrem


Quando as pessoas começam a ver as coisas de uma maneira diferente ou estabelecem prioridades diferentes na vida, as amizades começam a sofrer.

Às vezes, na amizade, é sobre quem está fazendo o que e quem está fazendo melhor. Se você está fazendo compras com um amigo e recebe um raspadinha e descobre que ganhou mil reais em compras, é claro que você explodiria de felicidade.

Mas não espere que seu amigo fique muito feliz em vê-lo feliz ou alguma reciprocidade. Você pode até ter que lidar com um pouco de ciúmes, e seu amigo pode até dizer que você ganhou porque comprou com o cartão dele! Mas, vamos ser lógicos aqui. No fundo, você não ficaria com ciúmes e chateado também se fosse seu amigo que ganhasse um prêmio? É a mesma coisa quando um amigo sai da faculdade e consegue um emprego dos sonhos.



O que aconteceu aqui é que um de vocês, de repente, melhorou e ultrapassou a hierarquia emocional entre amigos.

Quando a autoconfiança ou o moral de uma pessoa em um grupo aumenta, especialmente quando todos os amigos são iguais, os outros não podem deixar de detestar a pessoa. Quando o balanço se inclina, a amizade também se inclina para o lado azedo. Os amigos começam a encontrar falhas e reparam mais um com o outro quando o equilíbrio se inclina contra eles.

Você sabe que sentiu inveja, mesmo que por apenas um instante, quando seu melhor amigo conseguiu algo que você sempre quis. Chame de inveja se quiser, mas na verdade, a inveja é apenas uma palavra açucarada para uma súbita e involuntária explosão de ciúme. 

O Ciúme mata amizade


Amizades podem azedar ou você pode perder amizades até mesmo em assuntos cotidianos. Ficamos com inveja o tempo todo, e não me refiro apenas a ganhar prêmios em dinheiro ou casar com um cara rico. Vamos falar da sua vida. Você sai com um grupo de amigos o tempo todo.

Um belo dia, outro grupo de amigos te chama e pede para você tomar um café. Você embaralha os pés, puxa o cabelo, gira o pescoço e olha para seus amigos que estão muito entediados para fazer qualquer coisa. Então você sorri para este novo grupo de amigos e concorda.

Quando você voltar depois de ter um bom tempo com seus novos amigos, você se senta com seus amigos. Mas todos parecem um pouco distantes para você. Ninguém está falando muito ou rindo muito, particularmente de suas piadas. Você ouve alguns comentários maliciosos sobre você, e você ignora isso. À medida que os dias passam, você sai com esse outro grupo de amigos de vez em quando e, a cada vez, você encontra seus amigos ficando cada vez mais distantes de você.



E os comentários maliciosos em relação a você começam a ficar brutais. Todo mundo que sempre foi legal ou popular sempre teve que passar por essa transição complicada de amigos. [Leia: Como lidar com a rejeição de amigos e ter amor próprio]

Seus amigos não eram possessivos com você. Eles não tinham planos, então você acompanhou outro grupo de novos amigos. Qual é o grande problema? O grande problema é que foi você quem foi chamado, não um dos seus outros amigos. Com esse pequeno gesto, você mostrou aos outros que é o mais legal entre os seus amigos, e o fato de ser superior fez com que os outros se afastassem de você. Sem perceber, eles marcaram você como um ser superior e não podem mais estar com você. 

Alguém pode ser um bom amigo?


Bem, talvez tudo isso possa ser um círculo vicioso. E você pode sempre estar em movimento, trocando amigos mais rápido do que roupas íntimas sujas, o que é realmente deprimente. Amigos virão e amigos irão. É uma parte da vida, e por mais doloroso ou chato que pareça, não há nada que você possa fazer a respeito, mas deixar ir e seguir em frente.

Em raras ocasiões, você encontrará alguns grandes amigos que realmente se importam com você e se sentem felizes por você e seus sucessos. Enquanto esses tipos de amigos são difíceis de encontrar, é mais fácil construir uma amizade forte quando você conhece alguém que compartilha poucas semelhanças com você quando se trata de sua profissão ou seu caminho para o sucesso. Lembre-se sempre disso, dois concorrentes podem acabar como rivais, não como amigos.

Boas cercas fazem bons vizinhos, todos nós sabemos disso. Se você deseja compartilhar uma boa amizade com alguém, sempre construa suas cercas, estabeleça alguns limites e não os cruze cedo demais. Amizades perfeitas levam anos para serem construídas e apenas momentos para desmoronar. [Leia: Como ser um bom amigo ]

Os melhores amigos são aqueles que passam tempo um com o outro, defendem-se um ao outro e estão sempre prontos para expressar sua opinião, em vez de sentirem ciúmes ou secretamente tramarem contra. É o primeiro passo para evitar perder amigos e construir melhores relacionamentos.



Mas, novamente, a amizade vale a pena ser mantida em primeiro lugar? Isso é algo que você tem que pensar. E mesmo que você não esteja pensando sobre isso, as chances são de que seu amigo esteja subconscientemente pensando nisso e avaliando você como um amigo a longo prazo!


Então você está realmente perdendo um amigo ou todo o ciúme e despeito secretos estão apenas afastando vocês dois? Boas amizades precisam de boas relações, não de má vontade. Entenda errado e só há um caminho pela qual a amizade pode ir.



Se você gostou do texto e quiser ser um patrocinador para que esse espaço fique cada vez melhor,  contribua mensalmente com qualquer valor para a manutenção do meu trabalho, através do: 


Ou você pode ajudar doando qualquer valor via depósito bancário:

Luciana Oliveira da Costa
Caixa Econômica Federal
Agência: 4162 
op 013
Conta Poupança: 00027217-0

Muito obrigada e aproveite mais dicas navegando pelo blog!

Autora:
Luciana Costa Luciana Costa é blogueira e escritora. Autodidata aplicada, apaixonada por psicologia, filosofia e gatos. Carioca e flamenguista.

Nenhum comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.

Tecnologia do Blogger.