Header Ads

15 Erros de Linguagem Corporal que Você Precisa Evitar


O cérebro capta pistas visuais da linguagem corporal, mesmo sem perceber, e você quer ter certeza de enviar os sinais certos. Reuni 15 erros de linguagem corporal que você precisa evitar para ter sucesso como profissional de eventos.


Como profissional de eventos, você é o comunicador mestre. Veja todos os e-mails e telefonemas que você fez na semana passada. Com toda essa escrita e conversa, faz sentido que você seja bom com as palavras. Mas como está sua linguagem corporal?

Sua linguagem corporal desempenha um papel crucial na maneira como os clientes, fornecedores e colegas de trabalho o veem. Se você não se observar, pode parecer entediado, desinteressado, preguiçoso ou desonesto. A lista a seguir provavelmente contém alguns itens que você já ouviu antes, mas outros são tão sutis que você provavelmente nunca pensou neles. [Leia: Aprendendo a interpretar expressões corporais e faciais]

15 erros de linguagem corporal que você precisa evitar


Apertos de mão fracos


Este quase não é preciso dizer, mas é importante o suficiente para ser mencionado. Um aperto de mão fraco faz você parecer fraco. Iniciar uma reunião com um aperto de mão firme sinaliza que você é confiante e capaz. Preocupado que suas mãos fiquem suadas? Seque-os discretamente contra a perna da calça enquanto sorri e cumprimenta a pessoa. Eles prestarão atenção ao seu rosto e não perceberão o gesto, e você terá a confiança necessária para apertar as mãos com firmeza. [Leia: O que o aperto de mão diz sobre você]

Inclinar-se para trás

Acontece que há um motivo pelo qual o professor do ensino médio odiava quando você se recostava na cadeira após o intervalo, e não era apenas porque você perdia o equilíbrio toda semana. Esse erro de linguagem corporal indica que você está desinteressado e sonhador. Essa linguagem corporal é ofensiva o tempo todo, mas principalmente quando você deve ouvir alguém falar, pois pode ser interpretado como desprezando o que ela tem a dizer.

Encurvar-se

Abaixar-se e permitir que seu corpo se dobre faz com que você pareça fraco e sem energia. Particularmente em uma profissão de alta energia, como planejamento de eventos, é uma impressão terrível de causar. Em vez disso, fique em pé ou sente-se com as costas retas e os ombros para trás. Essa postura reta o ajudará a parecer capaz, confiante e energizado.

Cruzando os braços (ou pernas)


Cruzar os braços de qualquer maneira faz você parecer fechado ou não quer negociar. Nas circunstâncias certas, pode até ser interpretado como combativo e rude. Em vez de cruzar os braços, deixe-os repousar suavemente ao seu lado ou na mesa à sua frente. Isso mostra que você está relaxado e aberto às sugestões da outra pessoa. Cruzar as pernas pode ser interpretado de maneira semelhante; portanto, esteja ciente de não se sentar com as pernas cruzadas quando elas estiverem visíveis.

Os pés apontando afastado

Você sabia que seus pés apontam para onde você quer ir? Quando alguém está ouvindo atentamente outra pessoa, seus pés apontam para ela. Se, no entanto, ele estiver pronto para almoçar, seus pés mudarão para apontar em direção à porta. Certifique-se de prestar atenção à mensagem que seus pés estão enviando quando estão visíveis.

Afastando-se

Semelhante aos seus pés, seu corpo apontará para onde está focado. Se você deseja causar uma forte impressão, mova seu corpo levemente para um ângulo em relação a quem estiver falando durante uma reunião. Não precisa ser uma grande mudança, especialmente se a reunião envolver muitas pessoas se revezando para falar. Ainda assim, a mudança sutil vale a pena. É improvável que as pessoas percebam conscientemente, mas elas pensam que você é um ótimo ouvinte.



Escondendo Suas Mãos


Ficar com as mãos atrás das costas ou nos bolsos é incrivelmente comum, mas envia uma mensagem ruim. Inconscientemente, as pessoas com quem você está podem interpretar isso como se você tivesse algo a esconder. Este também é o caso quando sentado à mesa e com as mãos no colo. Em vez disso, mantenha suas mãos onde elas sejam visíveis e aprenda a se sentir confortável com elas ao seu lado ou na sua frente.

Inquietação

Quer você esteja brincando com o cabelo, mexendo nos papéis ou batendo o pé, a inquietação é uma ótima maneira de parecer despreparado, ansioso e desonesto. Se você tiver dificuldade para ficar parado nas reuniões, torne-se um ótimo anotador. Certifique-se de não se perder rabiscando, pois isso é um sinal claro de desinteresse! Durante as conversas, fique à vontade para gesticular quando conversar para manter as mãos ocupadas; só não exagere.

Gestos exagerados


Querendo saber por que você não deve exagerar nos gestos? Enquanto pequenos gestos fazem você parecer um bom líder apaixonado pelo que faz, gestos exagerados podem fazer você parecer arrogante. Ao gesticular, tenha cuidado especial com o espaço pessoal das pessoas ao seu redor. Nunca fique tão empolgado com as mãos que acidentalmente esbarra em alguém. Se você não tiver certeza se seus gestos são desagradáveis, peça a um amigo para gravar em vídeo enquanto você está conversando. Em seguida, reproduza-o e veja o que você pensa. Você pode continuar gesticulando; apenas retire os movimentos barulhentos da sua próxima cena no palco.

Tocando seu rosto

Este é provavelmente o erro de linguagem corporal mais surpreendente nesta lista! Você provavelmente pensa que colocar a mão no queixo faz com que pareça inteligente ou que esteja considerando algo com cuidado. Acontece que tocar seu rosto realmente faz com que você pareça desonesto, principalmente se sua mão estiver tocando sua boca ou nariz.

Auto-calmante

Existem muitas maneiras pelas quais as pessoas se acalmam inconscientemente. Algumas pessoas envolvem os tornozelos ou pernas em torno das pernas da cadeira ou da mesa. Algumas pessoas fecham as mãos. Outros colocam as mãos nas coxas ou mexem no tecido de suas roupas. Embora essas ações e posturas possam fazer você se sentir mais à vontade em situações desconfortáveis, elas não fazem você parecer forte. Auto-calmante faz você parecer fraco e ansioso. Se você se sentir realmente desconfortável em situações, tente descobrir o que está causando esse desconforto e resolva-o para que você possa ter mais confiança sem se auto-confortar.

Observando o relógio (ou o telefone)


Você sabe muito bem. Não faça isso. Resista ao desejo de verificar o relógio ou o telefone durante reuniões individuais ou em grupo. Se você precisar verificar seu telefone porque está aguardando uma ligação ou mensagem importante, informe a pessoa ou o grupo com antecedência e peça desculpas. Se você precisar sair em um horário específico, informe-os e defina um alarme para vibrar no telefone 5 ou 10 minutos antes de precisar sair. As pessoas estão entendendo se sabem o que está acontecendo, mas verificar o relógio ou o telefone durante uma reunião implica que você tem coisas mais importantes a fazer.

Não espelhando

As pessoas que estão ouvindo atentamente alguém, inconscientemente espelham sua linguagem corporal. Se a pessoa que você está ouvindo estiver com as mãos cruzadas, é provável que você tenha as mãos cruzadas. Se ela inclinar a cabeça para a esquerda, você provavelmente inclinará a cabeça para a direita para refletir o comportamento dela. Isso é algo que acontece sem o pensamento consciente, e o inverso também é verdadeiro. Se você não está ouvindo, não está espelhando a linguagem corporal. Aprenda a usar isso para sua vantagem, espelhando intencionalmente a linguagem corporal da pessoa que está falando com você.

Evitando o contato visual

Evitar o contato visual faz com que você pareça não confiável. Quando estiver ouvindo alguém, olhe nos olhos dela. Quando você estiver falando com alguém, olhe nos olhos dela. Quando você estiver se dirigindo a uma multidão, mova seu olhar para a platéia para que todos se sintam incluídos. Dedicar tempo para dar um contato visual adequado faz com que você pareça confiante e confiável.

Muito contato visual

Sempre há um outro lado, e isso não é exceção. Evitar o contato visual é um grande erro, mas o contato visual exagerado é demais. Olhar demais nos olhos de alguém faz com que você pareça contraditório e intenso. Procure não mais que 10 segundos por vez. Certifique-se de interromper o contato visual a cada poucos segundos, mas volte para mostrar que você ainda está envolvido. Ao romper o contato visual, olhe para os lados e não para baixo, pois olhar para baixo mostra fraqueza enquanto olhar para os lados mostra confiança.



A linguagem corporal é uma grande parte da sua comunicação como profissional de eventos. Melhorar sua linguagem corporal deve estar na mesma lista que evitar erros gritantes em seus e-mails e verificar novamente se você está enviando um e-mail para a pessoa certa. Se você reservar um tempo para aprender a evitar esses 15 erros de linguagem corporal, parecerá mais confiante, confiável e aberto.

Fonte



Se você gostou do texto e quiser ser um patrocinador para que esse espaço fique cada vez melhor,  contribua mensalmente com qualquer valor para a manutenção do meu trabalho, através do: 


Ou você pode ajudar doando qualquer valor via depósito bancário:

Luciana Oliveira da Costa
Caixa Econômica Federal
Agência: 4162 
op 013
Conta Poupança: 00027217-0

Muito obrigada e aproveite mais dicas navegando pelo blog!

Autora:
Luciana Costa Luciana Costa é blogueira, escritora e coach. Autodidata aplicada, apaixonada por psicologia, filosofia e gatos. Carioca e flamenguista.

Nenhum comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.

Tecnologia do Blogger.