Header Ads

Como o Amor-Próprio Afeta Você e seu Relacionamento


O amor-próprio desempenha um papel muito importante nos relacionamentos e na felicidade. Mas você pode diferenciar a linha entre ceder e perder seu amor-próprio?



Não é de hoje. Nó sempre ouvimos falar que o amor precisa de compreensão e compromisso para dar certo.

E é definitivamente verdade.

Mas o amor só funciona melhor quando ambos os parceiros se entendem e se comprometem um com o outro.

Se você só dá enquanto seu parceiro só aceita, não importa o quão comprometida ou atenciosa você seja, você não conseguirá manter a felicidade para sempre.

E é aí que o amor-próprio entra em cena.

O amor-próprio pode tornar o romance melhor e um relacionamento muito melhor também.

Afinal de contas, ter autoestima é a única maneira pela qual vocês dois podem se sentir dignos um do outro.


O que é amor-próprio?


É muito fácil confundir autoestima com amor-próprio. E essas duas palavras também não são muito diferentes em seus significados.

O amor-próprio é o respeito que você tem por si mesma, enquanto que a autoestima é a sua compreensão da sua própria importância.

O amor-próprio vem em primeiro lugar, quando você se respeita e acredita em si mesmo. E então vem a sua autoestima, que ajuda você a perceber o quão importante e especial você é.

Se você não tem respeito por si mesma diante das pessoas, você não pode ter uma autoestima perto delas. E você definitivamente não pode se sentir como uma igual ao seu parceiro ou a qualquer outra pessoa, porque no fundo, seu coração lhe diz que você é inútil e não merece o respeito delas. 

O respeito próprio faz de você uma pessoa melhor e uma parceira melhor


Se você respeita a si mesma, você acredita que é uma pessoa digna. E quando você se sentir digna, você começará a acreditar que você é merecedora de amor e respeito, não apenas de si mesma, mas de todos os outros. E quando você conquista o respeito do seu parceiro e dos outros ao seu redor, eles começam a gostar mais de você e a levar você mais a sério.

Você se sacrifica para ser legal com o seu parceiro ou amigo? Eles fazem o mesmo por você?



Se você faz tudo por seu parceiro, mas no fundo, você sabe que ele nunca faria o mesmo por você, isso mostra que você não se respeita quando se trata de seu parceiro, porque você está deixando que ele a use. [Leia: Como não ser a mulher certa para o homem errado]

E o que você precisa entender é que, se você não se respeitar, seu parceiro nunca a respeitará. E esse é o primeiro passo para o fim do seu relacionamento feliz. Afinal, quando não há respeito mútuo no amor, não há mais amor mútuo.

Aprenda a acreditar em si mesmo


Se você acredita em algo ou se sente desconfortável fazendo alguma coisa, não deixe a opinião de outra pessoa convencê-la do contrário, especialmente quando ela não pode provar nada convincentemente.

Você tem medo de perder seu parceiro se for contra a vontade dele? Ou você acha que você feriria os sentimentos dele se você não fizesse algo por ele?

Eu costumava me sentir da mesma maneira também. Mas, na realidade, quando você se posiciona sobre o que realmente acredita ser certo, tão surpreso quanto seu parceiro pode ficar no início, ele a levará mais a sério e respeitará mais suas opiniões.

Uma coisa que a maioria das pessoas com baixa autoestima e sem amor-próprio faz é constantemente comparar-se com pessoas inferiores. Se conversar com alguém que tenha uma autoestima ainda mais baixa do que você faz com que você se sinta melhor consigo mesmo, isso só mostra que você precisa constantemente ver a falha de outra pessoa para sentir que conquistou alguma coisa. E esse é um sinal claro de baixa autoestima e falta de vontade de mudar. 

A perda do amor-próprio tem que começar em algum lugar


Mesmo pessoas com autoestima podem começar a perdê-la sem perceber. Isso sempre começa aos poucos, em algum momento, como quando você se sente abatida pelo seu parceiro, especialmente na frente de outra pessoa.

Se o seu parceiro faz você se sentir estúpida ou burra, isso é um sinal sutil de que ele está, inconscientemente, tentando prejudicá-la e assumir o controle, mesmo que sem querer. E é provavelmente da natureza do seu parceiro manipular todos ao seu redor. [Leia: 15 sinais sutis de um namorado controlador ]

Quando você começa a sentir que seu parceiro ou um amigo é melhor do que você, é quando seu amor-próprio começa a cair perto deles. Você sente uma necessidade constante de agradá-los apenas para sentir-se merecedora de sua afeição e atenção.

O que acontece quando você perde o amor-próprio?


Quando você dá mais do que recebe em um relacionamento, você começa a perder mais do seu amor-próprio. E com o tempo, seu relacionamento perfeito poderá se transformar em uma história de amor unilateral. Aqui estão 5 situações que podem surgir devido ao seu baixo amor-próprio.




1. Você perde sua voz no relacionamento. 

As decisões começam a ser tomadas sem sua aprovação ou aviso.

2. Você se torna um fantoche. 

Você gentilmente concorda em tudo com seu parceiro porque você realmente acredita que você não tem nada de valor para adicionar ao relacionamento.

3. Você não é levado a sério pelas pessoas que são importantes para você. 

Você pode acabar sendo apenas um objeto ou um acessório porque suas opiniões não oferecem nenhum valor ou objeções. 

4. O amor se transforma em gratidão. 

Em vez de experimentar um relacionamento equilibrado com amor igual, você realmente começa a acreditar que seu parceiro é digno de uma pessoa que é muito melhor do que você.

5. O amor começa a desmoronar. 

Seu parceiro vai começar a acreditar que ele merece alguém melhor porque você simplesmente não é boa o suficiente para ele. E você, por outro lado, se sentirá sufocada e confusa. E mesmo que você expresse uma opinião, isso pode apenas irritar ou aborrecer seu parceiro, porque ele não acha que você merece ser ouvida. 

Você já perdeu seu amor-próprio?


Você pode não perceber que perdeu seu amor-próprio, a menos que olhe para dentro e faça a si mesmo essas perguntas duras.

1. Você sente que dá mais do que recebe?

2. Você se sente sobrecarregada com os problemas dos outros mais do que seus próprios problemas?

3. Você sente que precisa ajudar alguém porque pode ficar ofendido se não ajudá-lo?

4. Seu parceiro faria o mesmo por você?

5. O seu parceiro respeita as opiniões de outra pessoa mais do que suas opiniões?

Faça a si mesmo essas perguntas, porque isso ajudará você a perceber como está sendo tratada pelo seu parceiro e por outras pessoas ao seu redor. E, em vez de sentir-se infeliz, tente acabar com isso e construa o respeito próprio a partir de dentro.

Como ter amor-próprio novamente


O amor-próprio só pode ser obtido quando você realmente acredita em si mesma. Então faça exatamente isso. Se você se sentir como se estivesse sendo retido por causa das falhas que você tem, tente trabalhar com eles e se sentir bem consigo mesmo. Use estes 5 passos para recuperar seu respeito próprio e o respeito dos outros ao seu redor. 

1. Leva tempo. 

O que você precisa fazer primeiro é se decidir e se preparar para se tornar uma nova pessoa. Se for preciso perder algumas pessoas que não te respeitam, que assim seja.

2. Esteja pronta para retaliação. 

As pessoas que retaliam suas mudanças são quase sempre as pessoas que estavam manipulando você e usando você, o que levou à sua baixa autoestima em primeiro lugar. Quem realmente se importa com você ficará feliz em ver a nova você.

3. Coloque o pé no chão. 

A maneira mais fácil de alguém usá-la ou manipula-la é testar, pedindo pequenos favores, que ficam cada vez maiores com o tempo. Não deixe que os outros testem seus limites. Aprenda a dizer não às pessoas que tentam usá-la, mesmo que seja algo trivial. [Leia: 16 maneiras de lidar com comportamento controlador do seu parceiro ]

4. Sua importância. 

Você realmente se dá a mesma importância que você dá ao seu parceiro ou a seus amigos? Você precisa começar a se concentrar em sua própria felicidade primeiro.

5. Acredite em si mesmo. 

A baixa autoestima começa quando você começa a duvidar de si mesma e de suas capacidades. Melhore o que você percebe como falhas em si e traga essa confiança de volta à sua vida. 

O que o respeito próprio lhe dá?


Em uma frase curta? Uma vida melhor. Você pode não perceber isso, mas o amor-próprio fará com que todos a levem mais a sério.

Seu parceiro vai te respeitar mais e te amar melhor. Você se sentirá mais importante e mentalmente mais forte, o que eventualmente trará a admiração e o respeito de seu parceiro.



As pessoas que estavam usando você inconscientemente a levarão mais a sério e a tratarão como uma superior ou uma igual, em vez de tratá-la como um zero à esquerda, porque eles se sentirão intimidados pela autoestima que você tem por si mesma.

Então, o que você está esperando? Claro, não é fácil ter amor-próprio da note pro dia. Mas se reconstruir sua autoestima poderá lhe dar uma vida melhor, não vale a pena tentar?


Se você gostou do texto e quiser ser um patrocinador para que esse espaço fique cada vez melhor, contribua mensalmente com qualquer valor para a manutenção do meu trabalho, através do: 


Ou você pode ajudar doando qualquer valor via depósito bancário:

Luciana Oliveira da Costa
Caixa Econômica Federal
Agência: 4162
op 013
Conta Poupança: 00027217-0

Muito obrigada e aproveite mais dicas navegando pelo blog!

Autora:
Luciana Costa Luciana Costa é blogueira, escritora e coach. Autodidata aplicada, apaixonada por psicologia, filosofia e gatos. Carioca e flamenguista.

Nenhum comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.

Tecnologia do Blogger.