Textual description of firstImageUrl

Como Lidar com Pessoas com Problemas de Raiva



Alguns lidam melhor com o estresse do que outros, dependendo de sua personalidade. Se você está com alguém com um temperamento explosivo, veja como você pode lidar com isso.




Vamos encarar os fatos. Todos os relacionamentos têm dias bons e dias ruins, mas só porque vocês dois podem não concordar com alguma coisa, ou a vida não vai do jeito que você quer, não significa que ela precisa se transformar em um campo de batalha.

Nunca é divertido estar perto de alguém que está exaltado ou gritando e não é especialmente divertido quando é seu namorado ou namorada. Não há problema em discordar um do outro, e não há problema em discutir às vezes. Mas não é bom ficar chateado o tempo todo. A vida é muito curta e maravilhosa para se viver o tempo inteiro com raiva, ou ficar chateado com coisas realmente estúpidas.

Se você está namorando alguém que fica irritado com o sorvete caindo no chão, tem alguma coisa errada, a menos que você esteja namorando uma criança de 2 anos de idade. É apenas sorvete, pode ser substituído e terá o mesmo sabor que o anterior. Este é um exemplo de uma coisa muito idiota para ficar chateado. [Leia: 10 problemas de relacionamento e como corrigi-los]

Como lidar com os problemas de raiva do(a) seu(sua) parceiro(a)

Se você está namorando alguém com pavio muito curto, pode ser um desastre. Mas a boa notícia é que existem maneiras de lidar com isso. As 10 dicas seguintes são como você pode encarar esses momentos, da próxima vez que ele/ela decidir liberar toda a sua fúria, deixando um rastro de mal humor e corações partidos.

1. Se o seu parceiro chega em casa chateado, faça alguma atividade física. Se o seu parceiro chega em casa com raiva do trabalho, ou está chateado com algo que não está diretamente relacionado a você, então procure um meio de ficar ativo. Vocês dois podem dar um passeio ou ir para a academia o mais rápido possível. Todos sabemos que o exercício libera endorfina, e a endorfina faz você feliz. Depois de um treino ou um pouco de ar fresco, vocês podem se sentir bem relaxado e calmo. Tente isso da próxima vez que você souber que seu parceiro está chateado com alguma coisa, mas não no momento que ele explodir.



2. Se ele/ela começar a gritar, saia. Se o seu parceiro está tão irritado e chateado que ele começa a gritar com você por algo que não tem absolutamente nada a ver com você, simplesmente sair e vá a algum lugar por 10-20 minutos. Ao sair, mostra-lhes que você não vai tolerar sua birra nem perderá mais seu precioso tempo ouvindo-o gritar com você, em vez de conversarem como adultos.

Além disso, indo embora, eles ficarão sozinhos na sala, gritando, e logo começarão a se sentir um pouco estúpidos por estarem sendo tão infantis. Mais do que provavelmente, quando você voltar, eles pedirão desculpas por se comportarem da maneira que fizeram. 

3. Parceiro louco? Use um saco de pancadas. Se o seu parceiro tende a ficar realmente irritado, e ele tende a jogar coisas, então talvez seja uma boa ideia comprar um saco de pancadas para esses momentos. Sacos de pancada são realmente muito difíceis de quebrar, e além dele/dela fazer um treino, também aliviará um caminhão de estresse. E para ser honesta, às vezes é bom bater em algo, desde que você não machuque ninguém ou algo assim.

4. Ria. Rir é o melhor remédio, na verdade. Da próxima vez que ele/ela começar a gritar ou o que ele/ela fizer quando surtarem, vá a um programa de comédia local ou assista seu filme favorito. Como não rir de Whinderson Nunes ou As Branquelas mais de uma vez?!

5. Grave a cena. Assim como ninguém quer ser filmando fazendo sexo para todo o mundo ver, a maioria das pessoas provavelmente não gostaria de ver ou ouvir vídeos delas quando estão agindo como uma pessoa louca, gritando e xingando algo tão trivial quanto o leite derramado literalmente.

Da próxima vez que seu parceiro decidir que quer fazer uma birra, pegue seu telefone e grave-o, e então, quando terminarem, reproduza o o vídeo em toda a sua glória para ele/ela, para que possa ver o quão ridículo está sendo. Na próxima vez, ele/ela provavelmente pensará duas vezes sobre todas as besteiras que dizem, ou talvez fique tão envergonhado que não levante a voz.

6. Ouça com amor. Se o seu parceiro(a) está realmente zangado(a) e chateado(a), e você não sabe se ele/ela está prestes a chorar ou gritar, tente sentar-se com ele/ela e apenas ouça. Nesta situação, você precisa manter a calma e falar com um tom relaxante em sua voz. Deixe-o(a) saber que você está mais do que disponível para ouvir o que está incomodando.

Mesmo que você queira responder ou falar algo, não faça isso! Deixe-o(a) falar e assista passar a turbulência. Naturalmente, ele/ela se acalmará e o estresse aliviará. Quando isso acontece, vocês dois podem voltar a ser o casal bem comportado que vocês são.



7. Dê-lhe uma amostra da realidade. Se o seu parceiro está chateado com algo trivial, você precisa dar-lhe uma amostra da realidade. Se ele/ela ficar chateados por ter que ficar uns 5 a 10 minutos extras no trabalho ou ficar preso no trânsito, lembre-o(a) de quão insignificantes são essas coisas, quando comparados a outros problemas maiores. Da próxima vez que decidirem sair correndo pela casa gritando como se fosse o fim do mundo, comece a fazer perguntas que mostrem outro lado da história.

Faça perguntas como: você tem um teto sobre sua cabeça? Sim. Você está em boa saúde? Sim. Você tem uma cama para dormir? Sim. Você tem um emprego? Sim. Você tem alguém que te ama? Sim. Você tem comida para comer todos os dias? Sim. Você tem água limpa para beber? Sim. Sim. Sim. Sim!

Isso fará com que ele/ela volte à realidade. Levando um minuto para considerar quantas pessoas no mundo têm problemas reais e lembrando-lhes que seus problemas não são tão problemas assim. Ele/ela vai acabar se sentindo muito estúpido(a). 

8. Comece a dançar. Da próxima vez que seu namorado ou namorada quiser "dar um show", você também deve fazer uma performance. Se ele/ela está gritando, ou batendo o pé, ou socando armários de cozinha, ligue uma música realmente boba, tipo Galinha Pintadinha, ou algo que faz você se sentir realmente infantil e bobo.

Enquanto seu parceiro estiver gritando, ignore, acompanhando a música e fazendo a coreografia da galinha, se divertindo muito. E se ele/ela te ama, o mínimo que pode acontecer - embora seja difícil dizer quando o coração dele/dela fica negro durante esses momentos de fúria - é olhar para você dançando e pensar em como você é engraçado. E isso acabará fazendo com que ele/ela caia na gargalhada. Como um bônus, é sempre bom lembrar de que ele/ela realmente não é um dragão soltando fogo pelas ventas.

9. Ameace ligar para a mãe dele/dela. Se tudo mais falhar, esta é uma maneira de realmente encerrar o assunto. Se o seu namorado ou namorada está tão chateado e sendo completamente idiota, você sempre pode ameaçar ligar para a mãe dele/dela, e coloca-la em vídeo conferência para que ela também possa vê-lo(a) em seu show de fúria.

Esta é provavelmente a coisa mais embaraçosa que você poderia fazer para o seu parceiro. Mas a boa notícia é que isso funciona, e geralmente ele para imediatamente porque, sejamos honestos, vocês dois são adultos aqui. E os adultos não chamam a mamãe ou o papai quando estão brigando. Mas também é aí que você pode lembrá-lo de que a maioria dos adultos não faz birra como se fosse uma criança querendo um brinquedo caro.

Quando o humor não funciona, as atividades para aliviar o estresse podem ser a melhor coisa que você pode fazer com que seu parceiro faça isso quando está com raiva por qualquer bobagem. Então, da próxima vez que seu parceiro estiver tendo um ataque, tente esses métodos para lidar com ele.



Se você gostou do texto e quiser ser um patrocinador para que esse espaço fique cada vez melhor,  contribua mensalmente com qualquer valor para a manutenção do meu trabalho, através do: 


Ou você pode ajudar doando qualquer valor via depósito bancário:

Luciana Oliveira da Costa
Caixa Econômica Federal
Agência: 4162 
op 013
Conta Poupança: 00027217-0

Muito obrigada e aproveite mais dicas navegando pelo blog!

Gostou? Receba as atualizações do Oráculo por e-mail:

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.