Textual description of firstImageUrl

Como Causar a Melhor Primeira Impressão aos Pais do seu Namorado



Precisa de um pouco de ajuda quando se trata de se preparar pela primeira vez para conhecer os pais do seu namorado? Preste atenção a estas dicas simples e você causará a primeira boa impressão!



Poucas atividades podem ser mais provocadoras de ansiedade do que conhecer os pais do seu namorado pela primeira vez. É um daqueles marcos
do relacionamento que mostram que as coisas entre você e seu novo namorado estão ficando muito sérias. Conhecer os pais e até mesmo visitá-los em sua casa é como entrar simbolicamente na zona de origem da vida de seu namorado.

Agora, tudo bem ficar completamente nervosa com este evento especial. Uma razão para isso é o fato de que a opinião deles sobre você é muito importante. Você, definitivamente, quer que eles gostem de você o suficiente para dar ao seu relacionamento um grande ok.

Outra razão pela qual você pode ficar ansiosa é que você também pode conhecer os irmãos. Os irmãos podem ser críticos em relação a quem o irmão está namorando. Isso é porque eles sabem algumas coisas que os pais podem não saber de cara.

Por exemplo, eles podem ser capazes de dizer, apenas olhando para você, se você se encaixa em quaisquer categorias estereotipadas, como a menina tipo patricinha, a garota que é sem frescura ou a mulher normal e correta, também conhecida como a puritana. Além disso, eles também podem influenciar a impressão que os pais têm de você, dando-lhes informações sobre suas primeiras impressões sobre você.

Como causar uma boa primeira impressão aos pais do seu namorado?



Então, o que uma garota deve fazer para ter um primeiro encontro sem problemas com os pais? Leia e descubra!

# 1. Aprenda alguns fatos gerais sobre a família. Você pode deduzir alguns fatos sobre os pais com base nas histórias que seu namorado lhe conta. Você pode descobrir como ele foi criado, quem tem a palavra final na família e se os pais são conservadores.

Estas pistas podem indicar-lhe o que os pais aprovariam. E, sabendo disso, você pode tentar diminuir os comportamentos que as pessoas podem não gostar, como fumar, ser muito grosseiro com as piadas ou mencionar opiniões políticas fortes, às quais veremos em breve. 

# 2. Use algo apropriado. Muitos pais tendem a ser mais conservadores, de modo que qualquer coisa expondo seu diafragma ou exibindo 98% das suas pernas pode não ser apropriado. É melhor se ater a algo clássico, mas ainda na moda, como um belo vestido ou uma blusa com uma saia.

No entanto, você também precisa considerar onde vai encontrá-los. Se eles moram em uma área rural e a atividade para o dia envolve muita caminhada, deixe o salto alto de lado e vai de tênis ou bota. Pergunte ao seu rapaz o que seus pais gostariam de fazer durante o dia, para que você possa preparar seu guarda-roupa de antemão.


# 3. Seja pontual. Chegar um pouquinho mais cedo é bom, especialmente se você vai se encontrar com o pessoal em um restaurante ou em um local específico. No entanto, é uma história diferente se você estiver indo almoçar ou jantar. Se aparecer tarde já causa uma má impressão. Já aparecer cedo demais, como até trinta minutos de antecedência, eles podem não estar preparados para recebê-la ainda, o que é tão chato quanto estar atrasada.

# 4. Aprenda um pouco sobre o local. Você pode estar encontrando os pais do seu namorado em um restaurante que você nunca ouviu falar. Mas graças à internet, você pode descobrir quais são suas especialidades, para não perder muito tempo decidindo o que pedir.

Se você estiver visitando um restaurante japonês, chinês ou coreano, também é uma boa ideia começar a aprender a usar os hashis. Você definitivamente não quer acabar derramando seu kimchi por toda a mesa.

Sugestão: Também é uma boa ideia aprender a pronunciar as coisas no menu.

# 5. Siga as regras da casa. Os pais do seu namorado podem ser muito exigentes sobre as regras em sua casa. Por exemplo, eles podem não aprovar fumar ou beber. Eles podem não ser muito receptivos ao humor negro ou ao palavrão/xingamento. Podem até pedir-lhe para tirar os sapatos antes de entrar na casa. Essas regras são sagradas e, provavelmente, não serão gentis para com um estranho que as quebre.

# 6. Traga um presente. Preferências de presente variam de família para família, por isso seria uma boa ideia perguntar ao seu namorado o que seus pais gostam. Mães que gostam de cozinhar podem se deliciar com um lindo utensílio de cozinha, enquanto aquelas que amam o jardim podem ficar satisfeitas com pacotes de sementes ou ferramentas de jardinagem personalizadas.

Os pais, por outro lado, podem apreciar uma garrafa de vinho ou uísque, mas não exagere no seu orçamento na tentativa de impressionar! Se o seu namorado não tem ideia do que eles gostam, você pode dar um presente bastante genérico, mas útil, como um conjunto de porta-copos, flores ou até mesmo uma vela perfumada. Afinal, a intenção é que conta.


# 7. Mostre apreço por seu convite. É sempre uma boa ideia começar a conversa agradecendo-lhes por convidá-la para sua linda casa. Você também pode acrescentar que nunca esteve naquele bairro antes, o que pode levar a uma boa conversa de início.

# 8. Não finja ser outra pessoa. Então você ouviu que eles costumavam amar a ex do seu namorado, Sophia. A Sophia era legal. A Sophia era sofisticada. A Sophia era inteligente. Mas você não é a Sophia. Você é você. Você não quer ser a imitação barata da garota que os pais do seu namorado costumavam gostar.

Seja quem você é e não tente mudar por mais ninguém. Se você acha que eles não vão gostar de você, tente diminuir os traços que eles podem não gostar e conte com os traços que eles provavelmente vão gostar mais. Você ainda está tentando dar a eles uma boa primeira impressão, então tenha calma em qualquer coisa para que não seja exagerado demais.

# 9. Ofereça-se para ajudar. Se você chegou um pouquinho cedo, ofereça-se para ajudar na preparação da refeição. No entanto, muitas mães podem ser específicas com a forma de comandar sua cozinha, então certifique-se de seguir as instruções dela rigorosamente.

Além disso, não insista em ajudar quando sua ajuda foi recusada respeitosamente. Em vez disso, você pode oferecer para limpar a mesa ou ajudar com os pratos, uma vez que a refeição acabar. Mais pontos se você conseguir que seu namorado a ajude também, para que você saiba se ele acha que seus pais estão gostando de você.

# 10. Faça elogios. Os pais adoram quando sabem que criaram um bom cavalheiro. Você pode dizer a eles como seu namorado é muito atencioso e respeitoso, pois isso é um reflexo da boa educação dada aos filhos. Além disso, não se esqueça de cumprimentá-los pela refeição que eles prepararam.

No entanto, tenha cuidado com elogios, pois é fácil exagerar. Não elogie cada coisa, pois isso pode fazer você parecer que está fingindo seu entusiasmo.

# 11. Evite zonas de perigo de conversação. Dizem que você nunca deve falar sobre política ou religião quando as pessoas estão bebendo. Esses dois tópicos também são uma zona proibida quando você está conhecendo os pais do namorado. Você terá sorte se compartilharem exatamente os mesmos pontos de vista que você. Mas é mais provável que você discorde de alguns dos pontos mais delicados. Para evitar isso, você pode dizer algo como: "Eu prefiro não discutir isso" juntamente com o sorriso mais doce que você puder dar.


# 12. Acalme-se nas demonstrações de carinho. Alguns pais podem ser muito observadores quanto a demonstrações de afeto, por isso é melhor limitar-se a ficar de mãos dadas ou sentados juntos. Ainda há pais por aí que vêem o filho deles como o querido menino que é bom demais para estar com alguma Jezabel indigna. Não confirme suas opiniões, empurrando sua língua na garganta do filho na frente deles.

Conhecer os pais do seu namorado pela primeira vez não precisa ser assustador. Apenas arme-se com conhecimento suficiente e algum autocontrole, para que você possa passar por este teste com louvor!


Gostou? Receba as atualizações do Oráculo por e-mail:

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.