Textual description of firstImageUrl

CSH - Ele era Meu Namorado, Mas Eu não era a Única




Não é a primeira vez que aparecem casos de mulheres, jovens ou mais velhas, que sofreram uma grande decepção, ao descobrirem que o homem que amavam, na verdade, as estavam enganando com outra mulheres, num relacionamento sério, como se fosse a coisa mais natural do mundo. Há casos de o cafajeste estar com três ou mais namoradas sérias e até noivas! Infelizmente, encontramos esse tipo de homem por aí, destruindo corações e sonhos de mulheres que apenas querem amar e serem felizes. 

Ana Kelly me procurou para contar sua experiência e pediu para que eu postasse aqui no Conte-me Sua História, espaço no blog que deixo para os leitores deixarem sua contribuição. Que essa história sirva de alerta as mulheres que desconfiam de seus companheiros. Nenhuma desconfiança é em vão. E que sirva de lição para que, não importa o que aconteça, sua felicidade vem em primeiro lugar. Se amem, se valorizem e não se prendam a homens que não façam o mesmo por vocês. Vamos a narrativa:

"Meu nome é Ana Kelly, estou aqui pra conta minha historia. Não sei se vai ajudar alguém, mais resolvi contar.

Em 2013 eu tive um AVC e quando eu voltei pra casa, abri meu face e tinha uma solicitação de amizade. Eu aceitei e desliguei. Em uma madrugada eu acordei e abri o face e o rapaz que tinha me mandado esta solicitação estava online, aproveitei e perguntei como ele me conhecia e onde ele tinha me visto, pois eu não conhecia ele. Então ele falou que me viu nas fotos do seu amigo, perguntei o que ele fazia, pq eu  e este meu amigo trabalhamos na área da saúde e gostaria de saber se ele também trabalhava. Ai ele falou que não, que trabalhava na T.I em uma empresa, comentou que morava de frente ao prédio do meu amigo me espantei pq eu moro na mesma rua e nunca tinha visto ele. 

Enfim, tive que sair do face, mais toda oportunidade que eu tinha eu abria e quando ele tava lá a gente conversava. Até que um dia eu notei que ele queria me conhecer mais eu não andava tava com rosto torto, não sentia minha boca toda e eu tava com vergonha de me expor eu sempre fui muito vaidosa. Ai falei pra ele que não queria conhecer ninguém. Só que ele ficou insistindo varias vezes, "vamos nos conhecer como amigo", ai de tanto ele insistir eu resolvi contar a verdade pra ele que eu tive um AVC, só que achei que ele ia se afasta mais não, ai que ele veio e quis me conhecer, falando "deixa eu ir ai ver um filme com vc de superação vc vai ver é bom".


Enfim, ele foi insistindo até que comentei com minha mãe, e ela falou "deixa vim, todos tão em casa e você não tá sozinha, ter amizade é sempre bom........". Deixei ele vir, foi em um sábado a noite, dia 31 de outubro de 2013, ele entrou na minha casa e a partir deste dia ele nunca mais me deixou, sempre comigo me dando força e apoio. Até que um dia a gente se beijou, foi lindo, pensei "nossa achei meu príncipe", mais como infelizmente nem tudo são flores......

Ele me levava pra fazer fisioterapia. Como ele trabalhava com computador ele podia trabalhar da minha casa, então ele sempre tava comigo, trabalhava da minha casa chegava a tarde, só saia a noite e nossos sentimento foi ficando mais forte. Até que um dia eu descobri uma mensagem no celular dele falando "vc não vai me atende meu amor eu vou ai deixa 250 pra vc ir no Braz". Liguei pra menina ela falou que eles estava juntos a 4 meses e eu estava com ele a 6 meses. Eu já andava saia ia pra faculdade já tava tendo minha vida quase normal. Neste dia gritei com ele e ela no telefone porque eu tinha pego o telefone dele, ele tava dormindo na minha casa, ele acordou comigo gritando, mandando ele ir embora da minha vida. Só que eu estava apaixonada e ele tem um bom papo, um poder de persuasão, porque conseguiu me convencer. [Leia também: 16 maneiras fáceis de respeitar a si mesmo em um relacionamento]

Acreditei nele, passamos momentos lindos, ele sempre do meu lado e eu do lado dele. Fui pra faculdade e ele também, ainda ficamos um ano no mesmo campus, até que um ano a faculdade não tinha formado turma e ele teve que se mudar de campus. Mesmo assim a gente se via, ele vinha na minha casa, nada tinha mudado, ele conhecia minha mãe. Só que relacionamento tem seu altos e baixos, depois de 1 ano e 3 meses começamos a brigar, mais nada de tão grave as vezes eu terminava e ele corria atrás de mim, falava que me amava. Até que uma dia ele falou "a gente tá namorando e quero casar com você, vamos casar porque te amo. Ai eu, apaixonada, me derretia e aceitava tudo de novo.

Foram muitas coisas boas e ruins que passamos juntos. Eu já vinha desconfiando dele que ele podia estar me traindo de novo, porque ele trabalha a noite e falava que tava muito cansado e não ia sair,  tinha que dormir, porque não dormia direito e nas folga a gente as vezes saia na semana mais não sempre, porque tenho meu trabalho que é a noite também, e ainda estudo. Mais a gente sempre juntos se falando, eu ia na casa dele, todos do meu prédio sabiam o que ele significava na minha vida.

Até que agora eu falei "já temos 3 anos e 3 meses, já tá na hora da gente da um passo grande na nossa relação se não eu vou seguir minha vida". Ele concordou e falou agora em 2017 vamos sim fazer algo e oficializar ,só que ele tem um filho, ai ele falou "vou passar o ano novo com meu filho na praia" , eu não achei nada demais ate porque dia 1º eu voltava a trabalhar e não ia poder ir. Só que eu fiquei sem falar com ele, porque de vez em quando ele mandava uma mensagem e falava que tava sem sinal e eu acreditava, só que minha desconfiança aumentava, mas não tinha provas. E eu ficava "ah, não vou terminar sem provas, mesmo eu desconfiando", porque eu falava com ele, ai ele falava que eu tava doente de ciúmes desconfiada e eu tinha que  melhorar muito.  Ele me deixava num ponto de eu ser a culpada do nosso noivado ou casamento não acontecer.


Eu já estava pirando, ate que um dia eu falei "Jesus, não aguento mais, me mostra". Eu fiz um propósito com Deus uma semana de oração e jejum e no ultimo dia eu abri o face e fui no face de uma menina que eu já estava desconfiada e ela tinha postado uma foto dele e dela na praia do ano novo.  Vocês podem me perguntar "mas vocês não tinham fotos no face?" No meu tinha mais no dele não porque ele alegava que ele não gostava de expor a vida dele porque ninguém tem que saber. E eu brigava mais não poderia forçar ele a colocar. [Leia também: 18 emoções que você não deve sentir em um relacionamento saudável]

Então eu entrei em contato primeiro com ela, mostrei todas nossas fotos, mensagens e ate um vídeo game e tv que ele tinha dado pro meu filho e perguntei pra ela "você aceita desmascarar ele porque eu topo. A única coisa que ela me respondeu depois de tudo foi "eu sou a namorada dele, resolva com ele". Já vi que ela era mais uma vitima dele. Só que é uma pena pois é por isso que estas coisas acontecem porque tem mulher burra, pois eu tava disposta a fica de frente dos dois mais não ia querer ele de volta e sim provar pra mim mais ainda que ele não me merecia e ela podia fica com ele. Mais desejei ela uma boa sorte com ele e tive então que fala com ele, só que falei por mensagem mandei a foto que eu já tinha visto e falei pra ele que seguisse a vida dele com ela e que eu não merecia tudo aquilo, eu nunca deixei de ser mulher e companheira dele.  Ele falou que não tinha nada a ver e que eu era louca e tava procurando sarna pra se coçar, só que não falei mais nada com ele, não ia me rebaixar. Ele me bloqueou e depois a prima dela me ligou e conversamos e contei tudo pra ela. E ela falou "difícil de acredita pois ele estava sempre com a gente no começo". Achava que ele era casado mais depois não, falei "ele tem um jeito carismático, ele é muito bom e tem um papo maravilhoso, até minha mãe ele enganou, mais não to falando tudo isto pra sua prima deixar ele mais pra vocês saberem quem é ele, eu estou caindo fora porque já me magoou de mais". Ela disse "pode ficar com ele, só que infelizmente, ela vai ser mais uma".

Historia longa começou como um conto de fadas e terminou como um filme de terror, mais agradeço a Deus de ter me mostrado. Teve até um dia ele mesmo me falou que era um psicopata, eu fiquei assustada. Mais já tava tanto tempo com ele e apaixonada, cega, que não levei a serio, mas ele falou a verdade ele é doente e não pense que um psicopata é aquele que mata, tem vários, o que mata já é aquele que já tá na doença avançada, mas o psicopata mesmo é frio, sem sentimento por ninguém, ele é doente e procura a felicidade, só que ele nunca vai encontra porque ele tem que se achar primeiro, se amar primeiro. [Leia também: 12 tipos de homem que você precisa evitar]

Enfim, não sei se ela esta com ele. Faz 4 dias que descobri tudo isso, mais o que eu peço a Deus é que ele não venha me procurar e que fique bem longe de mim. To com nojo e não descobri se o sentimento o que to sentindo é raiva ou se é pena dele.....................Olha, eu escrevendo esta historia e ele acabou de ligar, mas mandei falar que eu não estava e nunca mais vou estar pra ele, agora é seguir em frete, acabar minha faculdade e bola pra frente..........e meninas quando vocês estiverem desconfiadas, não leve isso a frente por muito tempo pois me arrependi, eu podia ter dado um basta nesta historia, mas a gente, quando tá apaixonada é cega. Mas fica a dica, hoje estou procurando me amar mais. [Leia também: 6 razões para amar a si mesmo antes de amar alguém]

bjs"

Se você já passou por esse tipo de situação, deixe seu comentário e conte como superou e seguiu em frente. Será uma grande ajuda as mulheres que viveram ou vivem esse tipo de situação e ainda não conseguiram superar....

"Você curte meu trabalho e gosta das dicas e conteúdo do Oráculo da Lu? Então seja um patrocinador e colabore para que eu possa fazer um trabalho cada vez melhor para você. Com pelo menos R$ 2,00 reais mensais, você estará contribuindo para o crescimento desse espaço e o melhor conteúdo para você, além de acesso a conteúdo exclusivo para colaboradores! Clique na imagem e faça parte dos apoiadores do Oráculo da Lu - Life Coaching!"


Gostou? Receba as atualizações do Oráculo por e-mail:

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.