Textual description of firstImageUrl

Como Provar que Você Ama Alguém da Maneira Certa



Seu namorado(a) está pedindo uma prova do seu amor? Ou você está tentando provar que o ama? Descubra como provar que você ama alguém da maneira certa.




Jovens namorados têm um fascínio pelo amor e pela maneira como ele funciona.

E mais do que qualquer outra coisa, os jovens impacientes querem provas para tudo.

Se uma declaração significativa de amor não é suficiente para você, aqui está algo que pode ajudá-lo(a) a entender melhor a prova do amor.

Em primeiro lugar, não há nenhuma maneira rápida de provar que você ama alguém.

O amor precisa de tempo para revelar-se, assim como uma flor precisa de tempo para florescer e uma árvore precisa de tempo para se tornar uma árvore. [ Leia: Quando você deve dizer "eu te amo" pela primeira vez ]

6 maneiras de provar que você ama alguém


Se você quiser provar que você ama alguém, aqui estão algumas coisas que você pode ter em mente para fazer da maneira certa.

1. Seja sincero. Seja sincero sobre seus sentimentos e expresse seus pensamentos.

A maneira mais fácil de provar que você ama alguém é expressando suas opiniões sobre essa pessoa especial.

2. Seja um ombro amigo em todos os momentos. Fique ao lado do seu amor nos bons tempos e, principalmente, nos maus momentos.

Todos nós temos nossos altos e baixos na vida. Seja o ombro para apoiar e dar a seu parceiro a coragem e a força para dar o próximo passo, deixando-o saber que você está ao seu lado. 



3. Sexo e luxúria. Enquanto a paixão gira em torno do sexo e da luxúria, o amor não. O amor é uma emoção mais profunda que transcende as aparências físicas. Se você realmente acredita que você gosta de seu parceiro como ele/ela é, e não por causa de como ele/ela excita você, então esse é o verdadeiro amor.

4. Não seja materialista. O dinheiro é inconstante. É verdade que o dinheiro pode dar-lhe muita felicidade, mas seu amor não deve ser abalado  pelos ventos da riqueza.

5. Gestos românticos. Realizar gestos românticos é uma das maneiras mais doces de deixar alguém saber que você o ama verdadeiramente. Fará seu parceiro se sentir amado e você se sentirá satisfeito e feliz.

6. Amor incondicional. Ame seu parceiro incondicionalmente e desinteressadamente. Coloque as necessidades dele/dela antes das suas, e se concentre na felicidade dele/dela mais do que da sua própria. O amor incondicional é complicado, embora estas expressões do amor altruísta nunca devam ser interesseiras no relacionamento, ou conduziria, eventualmente, a um término doloroso.

A prova do amor



Jovens amantes constantemente querem que seus parceiros provem o seu amor em atos cinematográficos, como sofrer uma perda ou arriscar algo que eles amam, apenas para provar o seu amor por alguém. É bonito e muito romântico quando ambos os parceiros vão ao extremo de sacrificar prazeres e momentos de felicidade para que possam mostrar a alguém o quanto significa para ele/ela.

Vá em frente, afinal, o amor nos deixa loucos. Funcionou nos tempos dos cavaleiros e donzelas, e ainda funciona até hoje. Mas não tente provar seu amor por alguém fazendo algo que você não quer, ou algo que você sabe que vai acabar lamentando. 

A verdade sobre provar seu amor para alguém


Qualquer um que lhe peça para provar o seu amor não o ama ainda. Ele está brincando com você ou apenas se divertindo com você para ver o quanto você pode impressiona-lo. Quando estiver conhecendo alguém em fase de paquera, permaneça longe dos caras que pedem a prova de seu amor o tempo todo, mesmo que estejam se encontrando a algum tempo. [Leia: Os 10 tipos de amor que você experimentará em sua vida ]

Os caras pedem a uma garota para provar seu amor apenas para ter sexo em troca.



As garotas pedem a um cara para provar seu amor somente para fazê-lo dançar conforme sua música e para mostrar a seus amigos quem está no controle.

O amor não é um teste. É uma emoção, assim como dor ou felicidade. Você só pode expressá-lo, você não pode prová-lo. É algo que tem de ser sentido e experimentado.

O amor não é algo que pode ser provado, a menos que você faça varreduras cerebrais científicas e teste os níveis químicos em seu corpo. E para ser franco, eles também não são muito precisos.

Coisas que você nunca deve fazer para provar seu amor



Mesmo que você queira provar o quanto você ama alguém, evite fazer qualquer uma dessas coisas.

- Ter relações sexuais ou contato intimo com seu parceiro, quando você está desconfortável com essa ideia.

- Transgrida a lei apenas para parecer mais ousado ou conseguir algo para seu parceiro.

- Fazer algo que você não queira ou se sente desconfortável em fazer.

- Ir contra os seus princípios morais e que fará você se arrepender mais tarde.

Mas se você não consegue parar de procurar maneiras de provar o seu amor, faça algo romântico que trará um sorriso no rosto do seu parceiro. Essa é toda a prova que seu parceiro precisa.

Até onde você deve ir para provar seu amor por alguém?


Se o seu namorado(a) quer prova de seu amor o tempo todo, termine o relacionamento. Você sempre se sentirá como que precise fazer mais para provar o seu amor e seu parceiro nunca estará satisfeito. O amor é mútuo e sem esforço. Ambos têm de provar o seu amor em pequenas coisas todos os dias e construir a confiança em torno do relacionamento.

Gestos românticos, presentes e poemas não provam o seu amor, é apenas uma maneira de expressar a emoções felizes que você sente por alguém.



Se é isso que seu parceiro quer, faça. Mas não faça mais que isso. Não é necessário provar nada quando seu parceiro se comporta como uma criança imatura que quer provas para tudo que você faz. E você deve ser cauteloso, porém, um parceiro que pede a prova de seu amor pode apenas querer explorá-lo da maneira mais fácil.

Compreender como provar que você ama alguém é fácil se você entender como funciona o amor. É algo que tem de ser sentido no interior, e não algo que possa ser provado por qualquer outro meio.

Gostou? Receba as atualizações do Oráculo por e-mail:

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.