8 Sinais de que Está na Hora de Terminar um Relacionamento

Os relacionamentos são importantes - uns com os outros, com nossas famílias, com nossos amigos, com as pessoas que se preocupam. Um relacionamento amoroso pode chegar a um ponto em que as coisas se tornam sérias e a relação profunda. É quando a ideia de passar sua vida com esta pessoa e elaborar a sua vida em conjunto é uma continuação válida e compreensível dessa relação. Quando isso não é alcançado, a pergunta que fica é: "por que não?".
Terminar um relacionamento não é mais fácil com a idade e a experiência, mas às vezes ficamos tão envolvidos em padrões e horários, a rotina confortável ​​de nossas vidas, que algo tão perturbador e chocante como terminar um relacionamento pode parecer muito esforço e confusão, mesmo quando não estamos nada felizes. Se você está se sentindo como se estivesse preso nesta situação, em busca de sinais sobre se deve ou não terminar, veja esta lista para saber se é hora de cair na real e terminar o relacionamento.

1. Vocês não confiam mais um no outro.

A confiança é uma das partes mais importantes de qualquer relacionamento e quando você perde isso, é quase certo que é hora de terminar o compromisso. Os sinais de que seu relacionamento está passando por isso é simples - você começa a questionar motivos, habilidades e razões da outra pessoa o tempo todo. Desde "por que ela está sendo tão boa com você", até no "quanto eu confio nela para pegar algo que é importante para mim e respeitá-la".

Se há desconfiança mútua de ambos os lados, isso pode levar a desintegração absoluta do relacionamento e as bases em que foi construido, causando ciúme, raiva, possessividade e outros sentimentos negativos e envenenar o relacionamento já tênue. Ao atingir esse ponto, é muito difícil voltar e acaba por se tornar uma das razões que poderia terminar o relacionamento.

2. Você percebe que tem valores diferentes.

Todos nós temos nossos próprios valores que são importantes para nós - segurança, liberdade, carreira profissional, uma família conservadora, uma família liberal, um casamento aberto ou não. Qualquer que sejam os seus valores, não importa. Quando eles começam a se confrontar desconfortavelmente contra seu parceiro, pode ser um sinal de alerta de que nem tudo está certo no paraíso e que talvez seja hora de terminar a relação.

Todo relacionamento tem um processo de compromisso, negociação e assimilação dos valores do seu parceiro em sua vida. Mas, por vezes, os valores são muito distintos e diferentes que nunca serão conciliados sem um compromisso drástico que provavelmente irá causar um racha em um de vocês, que se esforça contra o que realmente quer e o que decidiu que deve tornar-se, a fim de satisfazer as necessidades da outra pessoa. Se este é um problema sério em seu relacionamento, é melhor para ambas as partes terminar e seguir em frente.

3. Você não faz mais fazer planos com ele ou ela em mente.


Se você, lentamente, vai empurrando psicologicamente seu parceiro de sua vida, é hora de removê-lo. Todos nós fazemos planos para o futuro, mesmo que eles só sejam as próximas semanas ou meses. E seu parceiro deve ser sempre considerado como uma parte deles, mesmo que seus planos não o envolvam diretamente.

Não fazer planos com o seu parceiro em mente é um dos principais sinais de que é hora de terminar a relação - se você não está fazendo planos com seu parceiro, ele não é mais uma grande parte que você preza. Se você está inconscientemente vendo-o de uma forma transitória, ou seja, como se ele não fosse um elemento permanente ou uma parte sólida da sua vida, então você já psicologicamente terminou e apenas está empurrando com a barriga. Termine o relacionamento para que ambos possam seguir em frente. 

4. Vocês não se divertem mais.

Relacionamentos costumam ser divertidos e alegres. Se você perdeu esse ponto do relacionamento, talvez seja hora de terminar, caso você se encontrar incapaz de recuperar e despertar o senso de diversão que você, sem dúvida, uma vez compartilhou com seu parceiro. Dias tornaram-se maçantes, cada tentativa de excitação ou alguma atividade indutora de felicidade é recebida com mal-estar ou uma aversão geral para algo que quebra sua rotina. Nada mata tanto como a interminável rotina e isso vale para os relacionamentos.

A relação deve ser responsável e crescer, bem como ser divertida. Por isso deve sempre haver um equilíbrio de ambos os lados. Sendo responsável e capaz de brincar, significa que você tem o melhor dos dois mundos. Se você está cansado do relacionamento, você tem que perceber que a vida é muito curta para estar com alguém que não aprecia o mesmo tipo de diversão que você tem. E se você já teve essa discussão suficiente vezes sem ganhar qualquer compromisso ou margem de mudança, pode ser a hora de terminar o relacionamento.

5. Você fantasia sua vida com outra pessoa.

Todos fantasiam. É parte da natureza humana a capacidade de sonhar e imaginar criativamente o que pode ou não ter sido, ou tudo o que poderia ter sido, em qualquer forma positiva ou negativa. No entanto, isso começa a afetar negativamente o seu relacionamento, quando você não pode canalizar suas energias para estar com seu atual companheiro e, em vez disso, escolhe sonhar com uma vida com outra pessoa - ou, honestamente, com ninguém.

Isso não é o mesmo que ter um pouco de devaneio agradável com galãs de novela ou atrizes deslumbrantes do cinema, e depois continuar com sua vida diária. O tipo de fantasia que estamos falando aqui é o meio sério e persistente sobre alguém que chamou sua atenção e quem você consegue ver-se seriamente partilhando uma vida. Talvez seja o colega de trabalho bonito que sempre se senta ao seu lado e reparte lanches com você, ou a garçonete do bar que você conhece pelo nome e lhe dá um sorriso especial. Se você está indo por este caminho, então talvez já tenha desistido de seu relacionamento psicologicamente e emocionalmente, e talvez seja hora de terminar com quem que você está atualmente.

6. Você não consegue ver um futuro com ele ou ela.

O objetivo mais importante de estar em um relacionamento é a ideia de criar um futuro juntos, concebendo e desenhando a vida que você está escolhendo ativamente para compartilhar com seu parceiro. Se você não pode imaginar um futuro com essa pessoa, então isso traz as perguntas sobre por que você está na relação? e por que você está escolhendo permanecer em uma situação com a qual você tem pouco investimento emocional?.

Isso não quer dizer que ter relacionamentos casuais são estúpidos ou sem sentido - eles podem ser divertidos e uma experiência agradável - mas se você estiver em um relacionamento sério com alguém, a ideia de passar o resto de sua vida com essa pessoa tem de ser um grande fator que contribua para o relacionamento. Se você não está vendo ou não imagina um futuro com essa pessoa, então é hora de terminar a relação e seguir sua vida.

7. Você não fica animado com a ideia de se casar com esta pessoa.

Casamento não é para todos. O casamento pode ser uma coisa boa, mas uma forma de avaliar se é ou não a hora de terminar o relacionamento, é olhar para um futuro possível e imagine-se casado com seu parceiro atual. Não apenas a ideia de casamento, mas todo o conjunto. O ato físico do casamento. Provavelmente, se você estiver perto do fim de seu relacionamento, a ideia de casar com esta pessoa e entregar-se potencialmente em anos de casamento com ele ou ela traz um calafrio na espinha e faz você se sente absolutamente aterrorizado.

Casar é um pouco de circunstância extrema, talvez, mas a ideia de qualquer forma de compromisso forte e sério com uma pessoa pode induzir sentimentos de insegurança e medo. Como também pode ser um indicador forte de que é hora de terminar o relacionamento. Tudo têm o seu curso e, ao mesmo tempo, é bom abraçar a ideia de mudar, mas não é justo para a outra pessoa que deve estar mais empenhada e disposta a dar esse passo, enquanto você não está pronto ainda.

8. Você percebe que ele ou ela se tornou um estranho.

O último prego no caixão de qualquer relacionamento é a percepção de que a pessoa, com quem você pensou que estavam seguindo para passar o resto de suas vidas juntos, se torna um estranho para você. Claro, você pode ter as memórias e sentimentos que ainda fazem estar com essa pessoa - o fim de semana fora, quando você disse a ele que o amava - mas quem ele é, fundamentalmente, para que você tenha drasticamente e talvez irrevogavelmente percebido que mudou e transformou?

Vocês não tem os mesmos ideais, os mesmos sonhos, a mesma ligação de apoio um ao outro que costumavam ter. Ele não é a pessoa por quem você se apaixonou ou a pessoa com quem você compartilhou um relacionamento. E você pode realmente continuar um relacionamento dessa forma? É impossível, falso, e injusto, tanto para si mesmo como para a outra pessoa envolvida. Ao encontrar-se deitado ao lado de um estranho, que você um dia chamou de seu único e verdadeiro amor, significa que tem que terminar o relacionamento. Ou passar anos em arrependimento e mentindo para ele e mesmo sobre o que você realmente quer.

A vida é muito curta, afinal.

Estou me esforçando ao máximo para ajudar a melhorar os relacionamentos das pessoas. Mas não posso fazer isso sozinha. Você gostou desse texto e te ajudou de alguma forma? Compartilhe!!! Outras pessoas podem gostar também! Esse blog se mantém através da venda de ebooks. Se você acha que vale continuar com esse trabalho, ajudando quem acessa esse espaço, Clique AQUI. Além de adquirir materiais de qualidade, você estará me ajudando a manter esse blog. Obrigada!!!!

http://www.72.mktid5.com/w/1e4ervle7cGg61ZwXe6766f2-6

http://bit.ly/secaoebooks



Compartilhe no Google Plus

Sobre Luciana Costa

Blogueira e escritora independente. Sou amante da literatura e das artes. Também amo minha liberdade, minha família, meus amigos. Gosto de aprender e gosto de ensinar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.