Textual description of firstImageUrl

3 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Crenças Limitantes que Dificultam seu Progresso



O objetivo é não te livrar de todos os seus pensamentos e sentimentos negativos; Isso é impossível. O objetivo é mudar sua resposta para eles.



Durante um experimento para uma pesquisa recente no Caribe, uma bióloga marinha colocou um tubarão adulto em um grande tanque de retenção e, em seguida, liberou vários pequenos peixes de isca no tanque com ele.

Como você poderia esperar, o tubarão rapidamente se lançou rodeando no tanque, atacando e comendo os pequenos peixes, rapidamente.

No dia seguinte, a bióloga marinha inseriu um forte pedaço de fibra de vidro transparente no tanque, criando duas partições separadas. Ela então colocou o tubarão em um lado do divisor da fibra de vidro e um novo conjunto de peixe de isca no outro.

Novamente, o tubarão rapidamente atacou. Desta vez, no entanto, o tubarão bateu no divisor de fibra de vidro e saltou. Sem medo, o tubarão continuou repetindo esse comportamento a cada poucos minutos sem sucesso. Enquanto isso, os peixes nadavam, ilesos, na segunda partição. Depois de cerca de uma hora do experimento, o tubarão desistiu.

Este experimento foi repetido várias dezenas de vezes ao longo das próximas semanas. Cada vez, o tubarão ficava menos agressivo e fazia menos tentativas de atacar os peixes, até que, finalmente, o tubarão se cansou de bater no divisor de fibra de vidro e simplesmente parou de atacar completamente.

A bióloga marinha removeu o divisor de fibra de vidro, mas o tubarão não atacou. O tubarão foi treinado para acreditar que existia uma barreira entre ele e os peixes, então os peixes nadavam onde quer que desejassem, livres de danos.

Por que estou contando esta história?

Muitos de nós, depois de sofrerem retrocessos e falhas, desesperamos emocionalmente e deixamos de tentar. Como o tubarão na história, acreditamos que, porque não tivemos sucesso no passado, sempre seremos infrutíferos. Em outras palavras, continuamos a ver uma barreira na nossa cabeça, mesmo quando não existe barreira real entre onde estamos e onde queremos ir.

Deixe que este seja o seu despertador.

Todos nós temos um poder incrível dentro de nós. Certamente, também temos nossos próprios divisores de fibra de vidro - os pensamentos e crenças auto-limitantes que nos impedem. Às vezes, é uma experiência de infância ou um antigo fracasso. Às vezes, é algo que nos disseram quando éramos um pouco mais jovens. Às vezes, é apenas uma falta de autoconfiança que, gradualmente, se esgueirou sobre nós ao longo dos anos.

De qualquer forma, aqui está o que você precisa saber e lembrar:

1. Muito do que você acredita sobre suas falhas e limitações pode facilmente ser desmentido.



"Esta tarde, descobri que fui aceita na universidade que escolhi, com uma bolsa de estudos completa. Apesar de tudo o que minha mãe alcoólica e seu marido abusivo me fizeram passar ao longo dos anos - as noites com fome e sem dormir que eu passei em lágrimas devido à sua implacável negatividade - não me arruinou. Com sua ajuda e orientação, trabalhei arduamente para sair dessa vida de uma vez por todas, e finalmente, estou conseguindo".

Esse é o parágrafo inicial de um e-mail que recebi em março da Monica, uma seguidora desse blog (ela me deu permissão para compartilhar isso com você). Seu e-mail continua dizendo que ela perdoou sua mãe e seu padrasto, mas também sabe que está sozinha e conseguir dar o próximo passo é um presente inestimável. "Honestamente, por muito tempo, as pessoas da minha vida me convenceram de que não era boa o suficiente", disse ela. "E eu não tenho rancores, mas estou tão feliz por podee provar para mim mesma que eles estavam errados sobre mim o tempo todo".

O e-mail da Monica me fez pausar, refletir e sorrir, por razões óbvias.

E, embora as circunstâncias de Monica sejam únicas para ela, eu aposto que você pode se identificar com ela de alguma forma. Eu sei que pode.  Às vezes, a pressão e a disfunção provenientes da família, dos parceiros, do trabalho e da sociedade em geral são suficientes para nos fazer sentir completamente quebrados por dentro. Se fazemos as coisas de maneira diferente, somos desprezados. Se sonhamos grandes, somos ridicularizados. Ou se não temos o emprego "certo", relacionamento, estilo de vida e assim por diante, até uma certa idade ou prazo, de alguma forma, somos levados a sentir que não somos bons o suficiente.

A história de Monica realmente é um lembrete perfeito para todos nós, mesmo que ela tenha apenas 18 anos, porque as crenças auto-limitantes que aparecem em nossas mentes, geralmente, chegam em uma idade precoce.



Talvez você tenha sido cortados de uma equipe de esportes quando criança e, assim, determinou "Não sou atlético o suficiente para ser apto e bom em esportes". Ou um namorado ou namorada na faculdade termina com você e começa, imediatamente, a namorar com alguém, e então nos sentimos indesejáveis ​​e pouco atraentes ... por muito tempo.

Por qualquer motivo, encontramos rejeições aparentemente insignificantes que alteram drasticamente nossa mentalidade nos próximos anos. Acontece algo como isto:

1. Nós ouvimos que somos ruins em alguma coisa, ou temos uma experiência ruim com algo.

2. Evitamos tentar novamente por um longo período de tempo, porque queremos evitar o potencial de mais dor e decepção.

3. Quando tentamos novamente, tentamos sem entusiasmo, para que possamos apontar e dizer: Viu? Assim como previ: não deu certo.

4. Nunca melhoramos nesta área de nossas vidas, porque nunca nos comprometemos a fazê-lo.

5. Torna-se uma profecia auto-realizável, e alimentamos o sentimento de "não sou bom o suficiente", todos os dias, por muito tempo.

Isso soa familiar?

Em caso afirmativo, é hora de se separar desse ciclo!

Como?

Ao provar a si mesmo que a crença que o afasta é tóxica e FALSA ...

Eu quero que você pense em UMA crença tóxica que você tem. Pode ser sobre qualquer parte da sua vida que você deseja mudar - sua saúde, seu peso, sua carreira, seus relacionamentos - qualquer coisa. Que coisa você decidiu, essencialmente, ser um fato sobre o seu lugar no mundo?

E então eu quero que você mude imediatamente e pense em uma hora - um momento fugaz - em que o oposto desse "fato" foi uma verdade para você. Não me importa quão minúscula uma vitória foi, ou mesmo se foi uma vitória parcial. Qual foi o momento no tempo, em que você pode olhar para trás e dizer: "Ei, isso foi totalmente diferente para mim, mas eu fiz isso!"?

- Fez uma doação para uma instituição de caridade;
- Perdeu peso e manteve-se focado;
- Foi a diversão da festa;
- Aprendeu por você mesmo;
- Sentiu amor;
- Aprendeu uma nova habilidade
- etc.

Depois de identificar as rachaduras na parede de uma crença auto-limitante e tóxica, você pode começar a atacá-la.   Você pode começar a dar passos adiante todos os dias que vão contra ela - pequenas vitórias, mais confiança, impulso gradual, maiores vitórias, ainda mais confiança, e assim por diante.

Até que seus pensamentos e a realidade mudem para sempre. 

2. Seu cérebro coincidiu, incorretamente, os padrões do passado com o presente, o que lhe deu muitas crenças falsas (e desculpas).



Muitas vezes, deixamos que as rejeições de nosso passado ditem cada movimento que fazemos. Este é um dos padrões de pensamento mais comuns e prejudiciais onde nós, como seres humanos, sucumbimos.  Nós, literalmente, não nos conhecemos para fazer melhor do que o que alguma pessoa pessimista ou crença limitada nos disse que era verdade.   E então nos acostumamos a olhar ao redor e pensar que as coisas nunca funcionarão a nosso favor.

Perceba isso!

Pratique a observação de seus pensamentos negativos a experiências passadas, para que você possa aprender com essas experiências e, em seguida, atualize seu sistema de crenças com base em como suas circunstâncias mudaram (continuamente).

Em outras palavras, você precisa praticar pensando melhor sobre o passado e o presente, para que, em última análise, você possa viver melhor a partir daqui.

Uma das formas mais eficazes de fazer isso envolve o reconhecimento e a correção de suas tendências negativas (falsas) de correspondência de padrões. Deixe-me explicar…

Todos os dias, durante todo o dia, você está subconscientemente combinando padrões do passado com o presente (é por isso que você é capaz de reconhecer lugares e pessoas familiares). Quando uma experiência em sua vida tem significado emocional, ela é marcada em seu cérebro como sendo importante. E quando a experiência emocional é perturbadora, desencadeia o mecanismo de medo do seu cérebro, que diz ao seu cérebro que permaneça à procura de quaisquer condições futuras que o relembrem vagamente dessa experiência perturbadora (faz isso para protegê-lo contra danos futuros).

Seu cérebro então tenta combinar novas experiências com a original. Mas, dependendo de como você está emocionalmente ligado à experiência original, isso pode levar a falsas correspondências padrão que, inevitavelmente, o levam a evitar. Isto é especialmente verdadeiro quando se trata de tropeços pessoais, erros e falhas de julgamento.



Por exemplo:

1. Você terminou um relacionamento, então, agora, você acredita que todos os seus relacionamentos futuros também fracassarão.
2. Você tirou uma nota muito baixa em uma prova escrita no ensino médio, então, agora, você duvida da sua capacidade de fazer qualquer tipo de exame escrito.
3. Você não se deu bem com um chefe antigo, então, agora, você tem problemas para respeitar um chefe novo ou outra figura de autoridade.
etc.

Mais uma vez, essas combinações de padrões falsos ocorrem sempre que você responde negativamente e muito emocionalmente a uma experiência anterior específica. E tudo acontece subconscientemente também. Logicamente, você sabe que todos os relacionamentos são completamente diferentes, mas, emocionalmente, você está inclinado a responder como se fossem todos iguais.

Se você se sentir constrangido porque você não consegue se mover além de uma experiência negativa do passado, seu cérebro está, subconscientemente, relacionado a experiência como se ainda estivesse acontecendo agora, o que significa que está combinando padrões incorretamente no presente. Aqui está uma solução (simplificada) de duas etapas que pode ajudar:

1. Pergunte a si mesmo: "Que experiência negativa específica do passado e sentimentos associados a meus sentimentos presentes eu posso lembrar?" Investigue a fundo e seja honesto consigo mesmo.
2. Uma vez que você determinou a origem de seus sentimentos presentes, liste todas as maneiras pelas quais suas circunstâncias atuais diferem do passado (a experiência negativa original) - isso deve incluir os lugares, pessoas e detalhes que causaram dor e desconforto. Revise as diferenças uma e outra vez até que você as tenha memorizado completamente. Isso pode ajudá-lo a perceber e lembrar que suas circunstâncias mudaram, de fato.

3. Sentir-se preso e incapaz é apenas um sentimento, não um fato.



Só porque alguém pode, não significa que você pode, certo? Porque você não é bom o suficiente, ou já perdeu sua chance, ou não está preparado para isso. Você procura por razões para fazer, mas você não pode ...
  • "Talvez ele seja um empreendedor online e escritor freelancer porque não tem filhos".
  • "Talvez ela seja muito mais ajustada do que eu porque não tem todas as obrigações trabalhistas e familiares que tenho, ou ela tem um marido mais solidário ou não tem problemas de saúde".
  • etc.
Tudo bem, é fácil encontrar desculpas, mas olhe para todas as outras pessoas que também têm obstáculos consideráveis ​​e o fizeram de qualquer maneira.   Eu, por exemplo, encaro desafios de estar morando sozinha e consigo ter sucesso em muitas coisas. E assim como mudei as coisas por mim mesma, conheci centenas de outras pessoas que fizeram o mesmo. Através de quase uma década trabalhando com life coaching neste blog, testemunhei pessoas se reinventando em todas as idades - com 48 anos e começando uma família, com 57 anos e formando-se na faculdade pela primeira vez, com 71 anos e começando um bem sucedido negócio, e assim por diante. E abundam histórias de pessoas com deficiência ou doenças que superaram seus obstáculos para alcançar resultados incríveis.

Seus obstáculos podem ser superados!



Sentir-se preso e incapaz é um sentimento, não um fato. Então nunca assuma que você está preso em alguma coisas. A vida muda, e você também pode.   Nunca é tarde demais para viver uma vida que o faça orgulhoso. Se você não aprender mais nada nesta postagem, saiba disso. Não há limite de idade para alterar do seu percurso.

"Mas como?", Você pergunta.

Colocando um pé na frente do outro todos os dias.

Quando se trata de fazer uma mudança significativa em sua vida - ganhar um novo diploma, construir um novo negócio, promover um novo relacionamento, começar uma família, tornar-se mais consciente ou qualquer outra jornada pessoal que leve tempo e compromisso - você precisa construir rituais diários em sua vida que reforcem seu objetivo, para que você possa, realmente, fazer um progresso real e duradouro.

Como os objetivos não fazem mudanças positivas acontecerem, os rituais diários fazem.

Pensamentos


Espero que você tenha encontrado valor nas três estratégias acima. Eu os compartilhei com você porque, honestamente, eu vi que eles ajudaram centenas de leitores e leitoras desse blog e de pessoas que me procuraram para contar suas dificuldades.

E é importante notar, também, que eu não sou imune a nada disso. Nenhum de nós está acima dessas coisas. Assim como todo outro ser humano, às vezes deixo meus pensamentos e crenças negativas tirar o melhor de mim - deixo que conflitos internos entrem no caminho de minhas oportunidades no mundo real. E é preciso prática para mudar isso e, em seguida, ainda mais prática para voltar ao bom caminho.

Há, precisamente, um motivo pelo qual praticamos um pouco todos os dias.

Espero que você se junte a mim e a todos os outros nessa jornada.

Para pensar melhor.

E viver melhor.

Agora é com você…


Se você está se sentindo melhor, gostaria de ouvir de você.

Qual ponto acima mencionado ressoa mais com você hoje e por quê?

Que crenças você precisa vencer para seguir em frente?

Deixe um comentário abaixo e compartilhe seus pensamentos.

Gostou? Receba as atualizações do Oráculo por e-mail:

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.