Textual description of firstImageUrl

O Que é Marketing Pessoal?


Marketing


Mas afinal, o que realmente é marketing? Veja a definição clássica de Philip Kotler, considerado pelos profissionais da área como um “guru” no assunto:

Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos ou grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros (1).

Marcos Cobra, um dos estudiosos do assunto mais respeitados no Brasil, descreve marketing assim:

"Marketing é uma expressão anglo-saxônica derivada da palavra mercari, do latim, que significa comércio, ou ato de mercar, comercializar ou transacionar (2)."

Mas quando você lê essas definições, não fica tentado a pensar: “Ah, eu sabia que marketing era só um nome mais sofisticado para a boa e velha técnica de vendas…”?

Alto lá, não se precipite em conclusões apressadas. A diferença fundamental é na abordagem. Fica claro que são coisas diferentes na declaração do prof. Theodore Levitt, um estudioso da Universidade de Harvard:

A venda focaliza-se nas necessidades do vendedor, o marketing, nas necessidades do comprador. A venda está preocupada com a necessidade do vendedor transformar o seu produto em dinheiro; o marketing, com a ideia de satisfazer as necessidades do consumidor por meio de um produto e de um conjunto de valores associados com a criação, entrega e, finalmente, seu consumo.

Outra definição, desta vez, brasileira, talvez esclareça melhor o conceito:

Marketing é a arte planejada de conquistar, encantar e manter o cliente (3).

_________________
1 Kotler, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Editora Atlas, 5 . edição, 1998.
2 obra, Marcos Henrique Nogueira. Marketing essencial: conceitos, estratégias e controle. São Paulo:
Atlas, 1986.
3 Costa, Jane I. P. Marketing: Foco no cliente e no mercado. In:UFSC. PPGEP. LED. Especialização para
gestpres de instituições de ensino técnico. Florianópolis, 1998. Módulo 3.

Marketing Pessoal



O marketing pessoal tem como objetivo a promoção pessoal, ou seja, ensinar a pessoa a se valorizar, ser notada, admirada e alcançar o sucesso, através de suas qualidades, habilidades e competências.

O marketing pessoal é muito relacionado ao marketing profissional. Isto porque, está cada vez mais difícil se destacar entre a multidão quando o objetivo é garantir uma boa vaga de emprego. Por isso é fundamental melhorar suas habilidades e trabalhar suas qualidades, para assim poder ser notado e valorizado.Estando bem preparado, é muito mais fácil passar à frente de outros elementos concorrentes da área profissional.

Para isso, é fundamental seguir algumas regras e dicas importantes, que devem ser seguidas no dia-a-dia, como uma boa capacidade de comunicação, cuidados com a aparência, postura profissional adequada, criatividade, etc.


Hoje em dia, as empresas não analisam somente as experiências de um profissional, mas também querem profissionais com capacidade de liderar e motivar pessoas à sua volta.

Porém é necessário tomar alguns cuidados com o marketing pessoal. É fundamental ser sempre verdadeiro, ter honestidade e cuidar com as mentiras!

A primeira impressão é a que fica, independente se estivermos falando de uma entrevista de emprego ou de um primeiro encontro.

Dar atenção às pessoas sem distinção é muito importante, afinal, se tratando de marketing pessoal, a forma de tratar os outros pode ser um investimento lucrativo.

Mas o marketing pessoal não é indicado apenas para ganhar destaque na área profissional. Muitas pessoas buscam o marketing pessoal para ganhar auto confiança, se valorizar, saber conversar e ouvir, aprender a se portar em diversas ocasiões, etc.

O ideal é criar uma imagem positiva para si mesmo, com a finalidade de acreditarmos em nós antes mesmo de qualquer outra pessoa!

Um dos objetivos do marketing pessoal é não deixar que a timidez impeça de apresentar as qualidades.

Ou seja, o marketing pessoal é fundamental por diversos motivos e todas as pessoas deveriam seguir algumas dicas.

Atenção, objetividade, honestidade, gentileza e muitas outras atitudes são essenciais para o dia-a-dia.



Veja abaixo algumas dicas importantes que devem ser seguidas para um bom marketing pessoal:

Saber trabalhar em equipe;

Saber administrar conflitos;

Saber apresentar bons resultados;

Sempre que tiver oportunidade, apresentar seus projetos e ideias;

Transmitir confiança (tanto profissional, quanto pessoal);

Saber o que está fazendo e porquê está fazendo;

Ser otimista;

Ter bom humor. É fundamental para proporcionar um ambiente agradável;

Ser paciente. O ideal é sempre fazer um bom planejamento de onde pretende chegar;

Demonstrar interesse e iniciativa;

Ser persistente e ter motivação para tudo;

Atuar de forma ética;

Não fazer apenas o que pedem, mas sim fazer algo a mais. Faça a diferença!

Com poucas – mas importantes – atitudes no dia-a-dia, as pessoas ao se redor notarão sua força de vontade e prazer em realizar determinadas atividades.

O marketing pessoal é utilizado em todos os momentos e locais de nossa vida. Em todo local e em todo instante de nossa vida, é preciso vender a nossa melhor imagem, e para isso que serve este tipo de marketing, para ajudar a vender e promover o mais precioso produto: "você".

O marketing pessoal é toda ação que proporciona a possibilidade de sucesso a uma pessoa. É a prática de um indivíduo de ir alterando sua forma de agir e seu comportamento, desejando um melhor posicionamento no mercado e na vida. Por isso que é tão importante saber se apresentar às pessoas, cuidar com seu modo de falar e sempre cuidar de sua aparência e forma de se vestir.

Veja abaixo um vídeo com dicas de marketing pessoal: 

A importância do marketing pessoal para o sucesso profissional



Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora, life coach e coach de relacionamentos. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de aprender, gosto de ensinar, gosto de ajudar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.