13 Perguntas a Fazer Antes de Casar

Há mais em um casamento do que as muitas pequenas coisas superficiais! Certifique-se de perguntar a si mesmo estas 13 questões importantes antes de se amarrar.

Sua mãe pode ter te avisado a nunca se casar por sexo ou dinheiro e ela está certa. Trata-se de se comprometer com uma pessoa e assumir a responsabilidade como um par, não importa o quão escuro o dia poderá ser.

Casar é um grande passo, talvez um dos maiores rituais de passagem que você nunca vai experimentar em sua vida. Claro, o mundo pode ter se transformado em um lugar cínico, onde se você se cansar do seu cônjuge, tudo que precisa fazer é assinar na linha pontilhada e vocês não serão mais casados. No entanto, eu gosto de acreditar que todo aquele que decide se casar, o faz na esperança de que isso vai durar para sempre.

As 13 Grandes Questões que Você Precisa Responder Antes de Dizer "Eu Aceito".


Ao longo dos anos, é inevitável que as pessoas mudem. Daqui a vinte anos, a partir de agora, você pode não ser a mesma pessoa que você é hoje e o mesmo pode se dizer do seu parceiro. Este é um desafio que não se deve fugir.

Desenvolvimentos pessoais e profissionais têm muito a ver com dar a forma a quem você vai se tornar. O que você precisa entender é que seu casamento deve durar, apesar das mudanças. Você deve estar se abraçando e evoluindo com os desenvolvimentos individuais a que são obrigados a dar lugar.

Se você é homossexual(gay ou lésbica), as grandes questões permanecem as mesmas. Há mais na vida de casado do que amor e sexo. Há várias coisas que você precisa resolver antes de se casar, algumas das quais são destinadas para você refletir sozinho e algumas são destinadas a serem discutidas com o seu parceiro. Tudo se resume ao compartilhamento de funções e ser responsável com o outro.

6 perguntas a se fazer antes de se casar


Passe algum tempo sozinho(a) e pergunte a si mesmo as seguintes questões. Uma vez que você puder responder a cada uma, sem vacilar, passe para as outras perguntas que você precisa responder com o seu parceiro. [Leia também: Perguntas e Jogos para Casais]

1. É isso o que eu quero?

Pergunte a si mesmo o tempo todo, todos os dias, se necessário. O casamento é realmente o que você quer? Será que vai fazer você feliz? Não se preocupe com as expectativas das outras pessoas. Se é do seu parceiro, seus pais, ou até mesmo da sociedade, as únicas expectativas de quem você precisa atender são aquelas definidos por si mesmo. [Leia: Seu Namorado é a Pessoa que Você Procura?]

Pense muito bem antes de realizar este grande compromisso. Se você estiver indo para o casamento com o pensamento de que pode facilmente sair dele quando quiser, pense novamente. A quantidade de papelada e os honorários do advogado é uma m**** e não vale a pena ter que sofrer com isso. Então, faça a coisa certa e leve algum tempo consigo para pensar se você realmente quer se casar.

2. Estou pronto?

Outra questão a se perguntar é se você está pronto para dar o nó. Lembre-se sempre que quanto mais jovem você for, mais arriscado será. Decida se você está pronto para ser amarrado a uma pessoa e se você está pronto para a construção de uma vida com essa pessoa.

Estar pronto e preparado significa tudo e se você tem mesmo um pingo de dúvida em sua mente, dê um passo para trás e coloque toda a ideia do casamento em espera por um segundo. Lembre-se que é preciso mais do que apenas gostar de fazer um trabalho juntos. O cartório estará sempre lá, mas a sua juventude não.

3. O casamento é necessário?

Quando olhamos para trás, em que o casamento era usado para simbolizar, não tem muito a ver com porque o fazemos hoje. Pergunte a si mesmo se o casamento é mesmo necessário. Você ficará bem em viver uma vida solteira com seu parceiro?

Na França, por exemplo, eles têm o que é conhecido como Pacte Civil de Solidarité (PACS). PACS é uma forma contratual de união civil que oferece menos direitos legais e responsabilidades do que o casamento. Praticado por casais do mesmo sexo e do sexo oposto, você já não é considerado solteiro depois de ter assinado o PACS. Dependendo de onde no mundo você vive, há outras opções além do matrimônio convencional e esta é orgulhosamente apresentada pelos nossos colegas franceses. Aqui no Brasil, temos a União Estável, que é a relação entre duas pessoas, independente do sexo, com o objetivo de formar uma familia, sem a necessidade de casar no civil. Para saber mais, clique AQUI

Abranger todas as suas bases e pesquisar todas as suas opções é algo que você deve fazer. Você também pode optar por "viver em pecado", como algumas celebridades famosas, que é o caso de Kurt Russell e Goldie Hawn, e Oprah Winfrey e Stedman Graham.

4. Posso fazer isso para sempre?

Todo mundo vai para o casamento confiante de que irá durar para sempre. Se você tem dúvidas sobre estar com uma pessoa para o resto da sua vida, você precisa repensar toda a ideia de se casar. Não se acovarde atrás da separação ou divórcio quando as coisas ficarem emocionalmente difíceis. Você tem que ter a força para levar o seu casamento até o fim. [Leia: Vocês se Combinam? 50 Perguntas Sobre o Seu Relacionamento]

No entanto, com toda a justiça, há uma abundância de razões legítimas para acabar com um casamento, nenhum dos quais são fáceis de lidar. Apenas esforce-se para ficar nisso por tanto tempo quanto você puder, sem trazer danos a si mesmo emocionalmente ou fisicamente. "Na saúde ou na doença", lembra?

5. Eu quero criar uma família?

Muitos casais optam por casarem-se porque eles estão prontos para começar uma família. Você ainda quer ter filhos? Se você está se casando sob o pretexto de querer começar uma família, então você precisa parar por ai. Pense muito bem se você consegue ver as crianças em seu futuro. Não tome uma decisão "meia-boca", porque criar uma família é um compromisso sério e definitivamente não é algo a ser levado de qualquer jeito.

6. Por que estou fazendo isso?

Faça pelas razões certas, para não satisfazer um capricho. Você está se sentindo pressionado e fazendo isso para agradar o seu parceiro? Se ele quer se casar, para que fazê-lo? Só porque você quer se sentir mais seguro(a) no seu relacionamento? Questione por que você quer se casar, em primeiro lugar. A instituição do casamento é sagrada e não é algo a ser feito sem pensar, só porque você quer cumprir o objetivo do outro.

7 questões para discutir com seu parceiro


Uma vez que você já respondeu as questões acima mencionadas, você precisa sentar-se com o
seu parceiro para discutir outras questões. Aqui estão algumas coisas para refletir e responder.

1. Temos dívidas?

Não comecem uma vida de casados com dívidas. Se vocês ainda não tem compartilhado estados financeiros um com o outro, agora é o momento de fazê-lo. Sejam transparentes sobre os saldos bancários, planejamentos, dívidas e poupanças. Sente-se e calculem se é o momento certo para vocês se casarem.

É sempre melhor alavancar uma vida juntos estando livres de dívidas ou, no mínimo, ter um plano financeiro super sólido no lugar. Ser financeiramente responsável é uma das muitas habilidades necessárias para fazer um casamento funcionar e se um de vocês não pode chegar a um consenso, mesmo antes de vocês estarem casado, quão triste que vocês acham que o futuro vai ser?

2. Podemos pagar?

Planejamento e execução de um casamento não é barato. Se vocês não pretende fugir, terão que pôr de lado milhares de reais para a cerimônia. Perguntem-se se vocês podem se dar ao luxo de se casarem. Não comecem a vida em conjunto cheios de dívidas e favores devido a outros. Se vocês não podem esperar, uma alternativa é assinar os documentos legais em primeiro lugar e, em seguida, planejar uma festa de casamento mais para frente.

3. E se a gente não puder ter filhos?

Muitos casais se casam com o plano de terem filhos um dia. Discuta com o seu parceiro o que vocês dois vão fazer se não puderem ter filhos. Problemas de fertilidade estão em ascensão e muitos recém-casados enfrentam dificuldades para conceber. Muitos têm tentado há anos sem sucesso, mesmo depois de fazerem  testes e determinar que ambas as partes estão bem.
Tenham um plano de emergência no caso de vocês terem problemas para conceber no futuro. Descubram se vocês dois estão abertos a adoção, a fertilização in vitro e outros métodos para conceber e começar uma família.

4. Onde queremos chegar?

Determinar onde vocês querem criar raízes é uma decisão importante para fazer juntos. Se querem levar uma vida nômade de viajar e assimilando novas culturas ou ficar vivendo em um único lugar, é uma questão muito importante para se perguntarem. Sentem-se e decidam sobre a importância de construir um lar permanente juntos. Falem sobre seus planos para crescer no trabalho, problemas de saúde, família, educação, e assim por diante.

5. E sobre as crenças religiosas?

Antes de se amarrarem, falem sobre a importância da religião na família. Será que importa que vocês tenham diferentes crenças religiosas e espirituais? Como vocês querem criar seus filhos? Qual o grande papel que a religião tem a desempenhar em suas vidas juntos? Vocês ficarão surpresos com quantas pessoas mergulham de cabeça em um casamento sem descobrir decisões importantes como estas.

6. Que tipo de casa que nós queremos ter?

Alugue tudo que vocês quiserem agora mas, em breve, perceberão que a compra de uma casa faz mais sentido financeiramente a longo prazo. Conversem sobre o tipo de casa em que vocês querem viver. É um condomínio à beira mar? Uma casa no campo? Um casarão no subúrbio? Discutam essas metas de longo prazo e vocês darão um passo mais perto de estarem prontos para o casamento.

7. Quem faz o quê?

Isso tudo se resume na divisão do trabalho em casa. Vocês vão contratar ajuda? Compartilharão as tarefas? Viverão com o lema "você cozinha, eu limpo"? Se você quer deixar a casa numa bagunça organizada ou ser completamente fanática por limpeza e por distribuição de tarefas, certifique-se de que o seu parceiro está na mesma linha que você. Aqui vai uma dica infalível que funciona para muitos: Viver juntos antes de se casarem.


Casar é realmente uma grande decisão. Pergunte a si mesmo e a seu parceiro estas 13 questões e dentro de um curto espaço de tempo você vai saber com certeza se o dois estão realmente prontos para um compromisso como o casamento.

Estou me esforçando ao máximo para ajudar a melhorar os relacionamentos das pessoas. Mas não posso fazer isso sozinha. Você gostou desse texto e te ajudou de alguma forma? Compartilhe!!! Outras pessoas podem gostar também! Esse blog se mantém através da venda de ebooks. Se você acha que vale continuar com esse trabalho, ajudando quem acessa esse espaço, Clique AQUI. Além de adquirir materiais de qualidade, você estará me ajudando a manter esse blog. Obrigada!!!!
Compartilhe no Google Plus

Sobre Luciana Costa

Blogueira e escritora independente. Sou amante da literatura e das artes. Também amo minha liberdade, minha família, meus amigos. Gosto de aprender e gosto de ensinar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.