21 Sinais de Abuso Emocional

 O abuso emocional é extremamente fácil de ignorar. Basta dar uma olhada nesses 21 sinais de abuso emocional, para ver se você está sendo abusada emocionalmente ao invés de amada!

Como seres humanos, não somos irracionais.

Quando alguém se opõe ou nos oprime com abuso emocional, estamos sempre prontos para contra-atacar.

Mas, o que você faz quando está sendo manipulada pouco a pouco todos os dias?

Que atitude tomar, se simplesmente não percebe que está sendo enganada e levada a abusos com doces palavras de amor?

E se o seu amor por esta pessoa te convence de que você precisa se curvar só para agradá-la, mesmo que isso se traduza em abuso emocional?

O abuso emocional é fácil esquecer


A realidade e a nossa interpretação da realidade são completamente diferentes e subjetivas.

Você acreditaria que está sendo abusada emocionalmente somente se você se convencer de que é verdade.

E até que você veja a verdade por si mesmo, ninguém pode ajudá-la a se livrar.

É como a metafórica síndrome do sapo fervendo .

A ciência diz que se você soltar um sapo na água fervente, ele salta imediatamente. Mas se você colocar um sapo em uma panela com água morna e começar a ferver a água muito lentamente, o sapo vai continuar a ficar no pote de água e ferver até a morte.

Agora, isso pode ser uma metáfora, uma advertência para mostrar sobre a mudança e nossa incapacidade de ver os sinais. Mas esta história tem um papel importante na compreensão de seu próprio relacionamento.

O comportamento do seu parceiro mudou?


Em todos os anos que vocês dois estão juntos, você acha que o comportamento do seu parceiro mudou ao longo do tempo?

Se a mudança é gradual e você optou por não ver as mudanças, você pode nunca perceber isso.

E, mesmo se você estiver sendo abusada emocionalmente, nunca poderá ver os sinais.

Abuso de qualquer forma tem que começar em algum lugar. Há um momento no relacionamento em que seu parceiro faz algo que te perturba mentalmente e ainda assim, você opta por ignorá-lo por causa do amor que você tem por ele.

E, em seguida, acontece novamente. E você ainda opta por ignorá-lo. E, finalmente, chega a um ponto em que você se sente sufocada e fraca, e nem sabe por que se sente tão impotente.

O que é o abuso emocional?


O abuso emocional é qualquer tipo de abuso psicológico que traumatiza a mente de uma pessoa ou seu estado de ser, forçando-a a se sentir fraca, traumatizada e indefesa.

Você pode sentir momentos de abuso emocional de vez em quando em suas próprias relações com as pessoas ao seu redor, sejam elas os seus pais, irmãos, amigos ou até mesmo o seu namorado ou marido.

A maneira mais fácil de perceber se você está sendo abusada por alguém é se você se sentir fraca e indefesa perto dele.

O abuso emocional pode mudar sua vida para sempre


Uma pessoa seria capaz de compreender os danos que o abuso emocional pode causar a ela só se experimentar. É fácil para alguém dizer a uma pessoa emocionalmente abusada de sair do relacionamento. Mas esse alguém nunca seria capaz de compreender o seu estado de espírito, como você se sente impotente ou a confusão emocional em que está.

Se você já experimentou o abuso emocional, você precisa entender que pode pedir toda a ajuda do mundo mas, a menos que você se fortaleça por dentro, ninguém pode ajudá-la a mudar sua vida.

Não tenha vergonha do abuso ou do desamparo


O abuso emocional é vergonhoso e humilhante. Não é fácil falar sobre isso com os outros, especialmente quando você acredita que é sua própria fraqueza que levou ao abuso. Mas é preciso lembrar que não era o seu ponto fraco, mas o seu amor incondicional por essa pessoa, que lhe deu origem.

Abuso emocional não é restrito a qualquer dos sexos, nem é restrita a um tipo particular de relação. Então a primeira coisa que você precisa lembrar é parar de sentir vergonha.

Os 21 grandes sinais de abuso emocional, que você pode estar ignorando


O abuso emocional sempre começa aos poucos. O teste mais fácil de perceber se você está sendo emocionalmente abusada é perguntando-se se o comportamento do seu parceiro te machucar mentalmente. Se sim, você precisa falar sobre isso com ele.

Afinal de contas, abuso emocional nem sempre é infligido em si para suprimir você. Às vezes, o abuso emocional também pode ser resultado de negligência e ignorância.

Veja esses 21 sinais de abuso emocional para saber se você foi empurrada contra a parede por seu esposo ou seu namorado. E se você se identificar com esses sinais, talvez agora seja a hora de começar a reagir.

1 Você está com medo. O comportamento do seu parceiro te assusta. Você tem medo de pedir coisas ou dizer-lhes alguma coisa, porque você simplesmente não sabe como ele reagiria.

2 Palestras incessantes. Seu parceiro constantemente lhe diz como você falha e como você ainda precisa melhorar em muitos aspectos. Mas, em vez de tentar ajudá-la, ele aponta suas falhas e se comporta como se você fosse uma causa perdida, que não pode ser ajudada, porque você é muito fraca ou é não muito inteligente.

3 Comparações dolorosas. Seu parceiro constantemente compara você, seja com a sua amiga mais bonita ou amigos bem-sucedidos e diz-lhe como eles são muito melhores que você. Seu parceiro pode até ser sutil e aponta para celebridades e diz como elas são muito mais atraentes do que você.

4 Confusões constantes. Seu parceiro grita com você muitas vezes. Mas quando você tentar argumentar de volta ou provar que você está certa, ele pode até ficar de joelhos ou humilhar-se apenas para pedir desculpas a você e ganhar o seu afeto de volta.

5 Você é culpada por nada. Seu parceiro culpa você por coisas que você não tem culpa. Ele te culpa pelo comportamento de seu amigo, para a forma como as crianças são, por causa do tempo ou sobre qualquer outra coisa. Às vezes, o seu parceiro pode até ouvir falar de alguma coisa na televisão e gritar com você, porque ele não gostou do programa!

6 Ciúme possessivo. Seu parceiro tem sempre algo negativo a dizer sobre seus amigos, especialmente se forem do sexo oposto. Seu parceiro odeia quando você receber ligações de seus amigos e às vezes até lhe pede para desligar o telefone. Eles não gosto quando você tem uma vida social ativa.

7 Sua auto estima é atacada. Seu parceiro constantemente lhe diz o quão ruim ou inútil você é e fica com raiva de você, porque você está sempre contando com ele. Mas mesmo quando você tenta fazer algo sozinha, diz-lhe que você não é capaz de tomar decisões e faz você se sentir idiota o tempo todo.

8 Dupla personalidade. O comportamento e atitude do seu parceiro te confunde. Às vezes, ele pode ser extremamente amoroso e cuidadoso. E em outras vezes, ele fica agressivo e intolerante. Você simplesmente não pode prever como ele vai reagir a qualquer coisa que você faz.

9 O Sádico. Seu parceiro se sente melhor em relação a ele mesmo quando aponta suas falhas ou te critica. Ele pode ficar mais bem humorado ou feliz nos dias em que você está trabalhando demais ou estressada por causa de seus próprios erros.

10 A humilhação. Seu parceiro te humilha ou faz comentários desagradáveis, especialmente perto de seus amigos ou pessoas que você admira.

11 Grandes demandas. Ele estabelece expectativas irracionais e dá grandes demandas a você, secretamente esperando que você falhe, para que possa dizer: "Eu avisei!"

12 manipulação sexual. Seu parceiro emocionalmente te manipula em atividades sexuais que você não gosta. Ele pode até mesmo fazer chantagem emocional, dizendo coisas como: "Outras mulheres fazem! Por que você não pode?"

13 Grandes confissões. Seu parceiro compartilha seus problemas com quem o ouve. Mas se você confessar qualquer um dos seus problemas, especialmente sobre o relacionamento, com seus amigos ou família, ele iria ficar muito chateado com você.

14 Colocar todos contra você. Este é um truque sorrateiro que o parceiro emocionalmente abusivo utiliza para ganhar vantagem e deixá-la sentir-se desamparada. Seu parceiro pode constantemente dizer o quão difícil ou inútil você é para todos, inclusive seus amigos, sua família e até mesmo seus filhos. Seu parceiro pode até mesmo dar exemplos tendenciosos apenas para convencer todo mundo e coloca-los contra você, para que ninguém fique do seu lado contra ele.

15 O tratamento do silêncio. Se você lutar por algo ou tentar tomar o controle da situação, o seu parceiro pode ir embora num acesso de raiva e dar-lhe o tratamento do silêncio. Um parceiro emocionalmente abusivo odeia dar o braço a torcer em um relacionamento. Ele pode simplesmente ignorá-la até que você se desculpe por se opor a sua decisão!

16 Fisicamente abusivo. Às vezes, o seu parceiro pode recorrer ao abuso físico como um tapa, um beliscão doloroso ou até mesmo um gesto ameaçador, apenas para assustá-la, quando você se opor a ele para qualquer coisa.


17 Você não tem permissão para pensar. Um marido/namorado emocionalmente abusivo tem prazer em tomar o controle total da relação. Ele manipula um passo de cada vez, até você perder toda a confiança em seu julgamento. Você se convence de que não é capaz de tomar todas as decisões por conta própria, sem a orientação de seu parceiro.

18 O isolamento e a dependência. Inicialmente, o seu parceiro pode dizer que ele não gosta de seus amigos ou um membro da família em particular. Logo, ele pode dizer-lhe para evitar determinada pessoa. E antes que você perceba, seu parceiro pode cuidadosamente isolá-la de todos que antes conviviam com você. E um belo dia, você verá que a única pessoa quem você pode ir para pedir ajuda ou depender é o seu parceiro.

19 Memórias emocionais. Seu parceiro constantemente te faz lembrar de todas as vezes que você fez algo errado cada vez que há um argumento ou uma discussão. Ele constantemente traz suas falhas ou os erros que você cometeu em sua vida para reforçar a ideia de que você depende dele e não pode sobreviver por si mesmo, sem a ajuda e orientação dele na vida.

20 Suas realizações não importam. Seu parceiro glorifica mesmo a menor das suas próprias realizações e orgulhosamente se gaba sobre isso. Mas, por outro lado, não importa o que você consiga ou faça, o seu parceiro sempre zomba de suas conquistas e faz você se sentir boba ao celebrá-las.

21 A negação. Mesmo quando você apontar suas ações emocionalmente abusivas, o seu parceiro não aceita seu comportamento como uma falha. Em vez disso, ele se convence e tenta convencê-la de que ele está fazendo tudo isso apenas para ajudar você a se tornar uma pessoa melhor e estar com os pés no chão.

Reconhecendo os sinais sutis de abuso emocional


Se você não tem certeza de que o que está passando é abuso, basta olhar para si mesmo do ponto de vista da outra pessoa. Pergunte a si mesmo como você se sentiria se seu irmão ou seu filho estivesse vivendo sua vida. Você ficaria feliz por eles? Você realmente acredita que eles estão na relação mais feliz de sua vida ou você quer que eles saiam disso ou entrem com força para enfrentar o problema?

Se você viu esses sinais em sua própria vida amorosa, é preciso lembrar que a força para superar o abuso está dentro de você. Tudo que você precisa fazer é acreditar em si mesmo e tomar uma posição firme.

Pode parecer a coisa mais difícil de fazer agora, mas você vai sentir a sua força e confiança chegar até você no mesmo instante em que colocar o pé no chão pela primeira vez e tomar uma atitude.

Se você não consegue lidar com isso sozinha, procure ajuda de um membro da família ou uma organização para as vítimas abusadas. Não basta ficar do lado dele. Afinal, paciência ou amor incondicional não vai mudar um amante emocionalmente abusivo. Apenas uma resposta firme e com vontade!

Estes 21 sinais de abuso emocional irão ajudá-la a decifrar se você está sendo abusada na sua vida amorosa. E se você ver esses sinais, fale sobre isso com seu parceiro ou com um amigo. Vai ser o primeiro passo para um futuro muito melhor!

Leia também: Abuso Verbal no Relacionamento PARTE I e PARTE II

Estou me esforçando ao máximo para ajudar a melhorar os relacionamentos das pessoas. Mas não posso fazer isso sozinha. Você gostou desse texto e te ajudou de alguma forma? Compartilhe!!! Outras pessoas podem gostar também! Esse blog se mantém através da venda de ebooks. Se você acha que vale continuar com esse trabalho, ajudando quem acessa esse espaço, Clique AQUI. Além de adquirir materiais de qualidade, você estará me ajudando a manter esse blog. Obrigada!!!!


Compartilhe no Google Plus

Sobre Luciana Costa

Blogueira e escritora independente. Sou amante da literatura e das artes. Também amo minha liberdade, minha família, meus amigos. Gosto de aprender e gosto de ensinar.

28 comentários:

  1. Sensacional!!! Você é generosa e preocupada com tantas pessoas em sofrimento e dor. Deus lhe abençoe muitoooooo!!!! Amei!!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!! A gente faz o que está ao nosso alcance para orientar, aconselhar e ajudar as pessoas. Fico feliz que tenha gostado. Que Deus te abençoe também!!!!

      Excluir
    2. Por favor, todo mundo precisa ler este
      Algum tempo coisas que você não acredita que pode apenas acontecer.
      Meu nome é Sra graça tessy tenho 29 anos de idade em que me casei
      com a idade de 26 i têm apenas um filho e eu vivia feliz .Após três
      ano do meu casamento meu comportamento marido se tornou tão estranho e eu não
      realmente entender o que estava acontecendo, ele embalado para fora da casa para outra
      mulher que eu amo-o tanto que eu nunca sonho de perdê-lo, eu tento o meu
      melhor possível para ter certeza de que o meu marido voltar para mim, mas todos sem
      adiantou eu choro e choro busca de ajuda discuti-lo com o meu melhor amigo
      e ela prometer me ajudar de um lançador de magias espiritual chamada solução dr, ele
      é um grande homem e um homem real que pode ser confiável e não há nada
      sobre questões de amor que ele não pode fazer isso é por isso que eles chamam de grande
      médico. Entrei em contato com o seu endereço de e-mail para (
      drsolution1@hotmail.com) E eu disse-lhe tudo o que
      acontecer tudo o que ele me disse é que eu não deveria preocupar-se que todos os meus problemas vão
      ser resolvido imediatamente. Ele me disse o que fazer para obter o meu marido de volta e eu
      fez, ele disse depois de 3 dias meu marido vai voltar para mim e início
      implorando, isso realmente acontecer eu fiquei muito surpresa e muito, muito feliz nossa
      relacionamento é muito apertado e que ambos vivem felizes novamente.
      Então, meus amigos, se você tiver quaisquer problemas e você precisar da ajuda de um feitiço verdadeiro
      caster por favor, tente entrar em contato com esse mesmo endereço de e-mail (
      drsolution1@hotmail.com

      HE corrigir esses problemas que se segue para ALL
      Em todo o mundo ON:
      1. Começar seu amante ou marido de volta
      2. prova de balas Espiritual
      3. Formação
      feitiço 4. Dinheiro
      5. feitiço longa vida
      6. Prosperidade feitiço
      feitiço 7. Protecção
      8. Obter um feitiço trabalho
      9. Tornando-se um feitiço gerente
      10. Obter um enorme empréstimo sem pagar qualquer taxa de feitiço
      11. Obter seu dinheiro de volta golpe
      feitiço 12. Criança
      feitiço 13. Gravidez
      feitiço 14. Liberdade
      15. Love Spell
      16, feitiço de desaparecimento
      17. feitiço humana invisível
      18. O sucesso ou o feitiço passe
      feitiço 19. Casamento
      20. feitiço Avenging
      feitiço 21. popularidade
      feitiço 22. Killing
      23. Cancer soletrar ECT
      drsolution1@hotmail.com e
      você também pode visitar o seu website,
      http://drsolution.yolasite.com/

      Excluir
  2. Existe mesmo uma organização de apoio para vítimas de abuso emocional? Preciso saber!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe sim, inclusive fiz uma postagem sobre abuso verbal que mostra essa informação. Vou colocar o link nessa postagem, mas deixo aqui pra vc: No Brasil, você pode contar com a Central de Atendimento à Mulher: basta discar gratuitamente o número 180. A Central é um programa da Rede de Atendimento, vinculada à Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), que reúne ações e serviços de diversos setores (em especial, da assistência social, da justiça, da segurança pública e da saúde).

      Excluir
  3. Um dos melhores textos explicativos que já li sobre o tema. Eu me identifiquei muito, porque somente tempos atuais é que tenho me dado conta do que tenho sofrido em meu relacionamento... Muito Obrigada mesmo, em nome de muitas e muitos que reconhecem aonde estão errando mas não ousam escrever. Eu ainda não ouso postar meu nome, mas deixo claro o quanto admirei sua explicação aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! A minha preocupação é trazer para os meus leitores toda a informação que precisarem para que possam se ajudar. Fico feliz em saber que tem sido útil. Um grande abraço!

      Excluir
  4. Muito obrigada pelo texto!

    Identifiquei tantos pontos que fiquei preocupada e surpresa, jamais imaginaria as brigas e problemas que tenho passado estavam relacionados a um problema emocional desses.

    Preciso me livrar desse relacionamento para me curar, estou muito abalada, não consigo pensar sozinha, tudo peço opinião dele e ele ordena o que devo fazer...

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reconhecer que está vivendo um relacionamento tóxico é o primeiro passo para a cura. Acredite em vc e na sua capacidade e conseguirá não só sair de um relacionamento ruim, como encontrará alguem que realmente te valorize e te aceite como é. Nunca desista!!!

      Excluir
  5. Gostei muito do texto... Pra mim é muito difícil reconhecer o abuso porque meu marido muitas vezes é muito carinhoso e me trata muito bem mas se falo algo que ele não gosta, perde o controle e usa palavras ofensivas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo é a mesma coisa! Me escreva para a gente se ajudar suzalareis@gmail.com

      Excluir
  6. Oi querida! Tb preciso sair de uma relação tóxica. Me escreva para a gente se ajudar suzalareis@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Ponto por ponto :( o q dói mais é pensar se ele têm consciência do que me está a fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na maioria das vezes, sim, infelizmente. Mas, como disse no texto, ele vai achar que está fazendo para seu bem. E, geralmente, fazem por insegurança e medo de perder a pessoa.

      Excluir
  8. Obrigada por esse texto!
    E como dói, né?!

    O meu problema maior é que ele é muito carinhoso, amoroso e mostra que quer sempre o melhor pra mim... Mas aí acontece algo que o desagrada, brigamos, ele fala coisas horríveis, me chama de p***, de vagabunda, me coloca como uma incapaz e a cupa é sempre minha. Me liga várias vezes para brigar..
    E ele odeia minha família e me culpa por isso tbm.

    Daí fazemos as pazes. Ele fica carinhoso, amoroso, faz planos para o nosso futuro juntos. Fica sempre a esperança de que ele vai melhorar, isso vai mudar, de que uma hora vai restar só a parte boa... Será?

    Não sei mais o que fazer, como agir... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses altos e baixos mostram que ele não vai mudar, a menos que aconteça algo que o faça entender o mal que ele está causando. Se você não tomar uma atitude, a coisa só vai piorar, porque ele passa a acreditar que pode sempre te ferir, mas se voltar a ser carinhoso, você vai esquecer e tudo vai ficar bem. Uma pessoa, quando se arrepende de um comportamento nocivo, muda justamente para não perder a pessoa que ama. Mas esse morde e assopra só fortalece o mal comportamento dela. Então é melhor procurar ajuda, de repente num terapeuta de casais ou com um psicólogo, para acabar de vez com esse defeito dele.

      Excluir
    2. Muito obrigada pelo texto e por sua resposta ao meu comentário!
      É uma situação muito difícil... eu sei que tem muita coisa errada, mas ver o ponto de vista de uma pessoa que está de fora, esclarece bastante as coisas. Obrigada pela atenção. Você não tem noção do quanto me ajudou.

      Excluir
    3. Alá, anonima, é um prazer ajudar. Se precisar conversar, pode enviar mensagem na fã page do Oráculo no facebook. E não desista, se esforce para ser respeitada no relacionamento. A ultima postagem que fiz hoje fala justamente sobre isso, como se respeitar no relacionamento. Dá uma lida que vai te ajudar.

      Um grande abraço.

      Excluir
  9. Vivo assim. Meu marido parecia um bom rapaz quando casei, era meio até bobão. Com o tempo ele foi crescendo, estudando, resolvi q era hora de ter um.filho, no final da minha gravidez ele começou a maltratar, chegava tarde da noite sem dar a mínima, eu chorava e pedia mais atenção pq estava com barrigão e num tinhaais ninguém pra contar. Ele me humilhava dizia q eu não era atraente com aquele barrigão, quando marquei a cesária chegou do meu lado e disse q não me amavaais como antes ecqueria ir embora, mas não me largaria grávida. Eu sofria mto, todo dia ele falava algo do tipo e eu só chorava, depois várias vezes ele chegava mto tarde eu estava amamentando e ele começava o abuso me cional, a lágrima rolava, emagreci tanto, não comia e amamentava. Busquei ajuda em uma igreja e depois de um tempinho ele melhorou mto, parou de fazer o q fazia e se tornou melhor, mas durou pouco mais de 1 ano. Ele voltou a me trata mto mal, sumindo, chegando tarde, dizendo q eu era louca por desconfiar, me falava coisas horríveis e chorava mto, falava coisas q fez no passado e chorava, aí me maltratava com palavras e eu ficava no chão e aí ele queria ter sexo a todo custo, o meu sofrimento o aticava. Eu era forçada a ter sexo aos prantos. Dia ele inventou uma história mirabolante pra poder sumir, chegou mto tarde e eu falei pra ele ir embora de casa. Ele disse q ia, foi no outro dia cedo. Soube q já estava com.outra mulher fazia um tempo. Ele mesmo longe ficava me controlando, não queria ficar comigo mas queria ter domínio, sexo e na nca admitiu estar com a tal mulher, um dia ele começou a dizer q estava mto mal e quis voltar, eu nesse meio tempo entrei numa depressão e fui demitida. Ele começou a vir aqui sempre, e dizia q me ava mas estava apaixonado pela amante. Foi quando ele disse q queria voltar e a amante engravidou. Ele voltou pra casa, eu deixei, não tenho ninguém é despregada, morando de aluguel com um filho de 3 anos. Até q ele voltou a chegar tarde, sumir, falar da filha q a M lher está esperando e cecou a me tratar mal. Até ter uma crise de ciúmes pq eu não atendi o celular e me bater. Ai ele admitiu q não tem caráter e virou um ser ruim é que não pode ser o marido que eu quero. Ele foi embora hoje, mas já estava lavando as coisas dele aos poucos escondido. Disse q me ama mas não pode ser o q eu preciso agora é precisa de tempo. E foi embora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito triste o que você enfrentou. Espero que esteja melhor hoje e tenha superado tudo isso, embora seja muito dificil, quando se trata da pessoa que escolhemos para formar uma familia. Que você encontre forças para continuar e pessoas que te apoiem e te ajude sempre.

      Excluir
  10. Deixa eu ver se meu marido era um abusador. Itens 1, 2, 3, 7, 8, 9, 10, 11, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20 e 21... É... Tá na média! Se ele fazia tudo isso por medo de me perder mesmo (e não porque ele é um narcisista psicopata fdp), usou a tática errada! A última coisa que ele fez foi esmurrar uma parede e dizer que ia fazer isso na minha cara da próxima vez. Eu não paguei para ver. Fiquei boazinha com ele até arrumar um lugar para ir. Um dia ele chegou em casa e eu já tinha levado tudo o que era meu. Nunca mais nos falamos. Ele até tentou me achar, mas eu não dei mole. Seis meses depois ele desistiu de me caçar.

    Ahhhh! Como minha vida é melhor sem ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela estratégia e coragem. Que outras mulheres tenham a mesma consciencia, disposição e coragem para enfrentar situações semelhantes e não aceitem mais serem emocionalmente abusadas.

      Excluir
  11. Puxa! Também listei a forma como meu ex-marido me tratava: 1, 2, 4, 5, 7, 14, 15, 16, 17, 18 e 21!

    Quantos itens tem que ter pra caracterizar abuso emocional?

    Nosso divórcio amigável saiu na semana passada. Foram 8 meses de terapia para criar coragem, tomar a iniciativa (dessa vez pra valer) e conversar com ele, pois sabia que seria difícil! Por exigência dele, ele continua em casa até o final deste ano. Mas anda mais nervoso do que antes. Tenho dois filhos pequenos que começaram a me dizer que eu não cuido deles quando adoecem porque eu não fico em casa (trabalho em horário comercial), que eu não compro brinquedos para eles porque quero ficar rica e por isso não gasto o meu salário, que eu minto e por aí vai! Ou seja, agora incluiu a alienação parental!!
    Vou ligar hoje mesmo no 180 e ver o que posso fazer. Obrigada, Luciana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou e pude ajudar, mas me preocupou vc ter aceitando essa exigencia dele. Ele fez de propósito para colocar os filhos contra você, então não foi tão amigável assim. Procure tomar providências e processa-lo se for o caso, antes que as coisas piores. Leve seus filhos a um psicologo para ajudar nesse processo. Desejo que tudo fique bem para você e seus filhos. Grande abraço.

      Excluir
  12. Bem. 1-2-5-6-7-8-9-11-12-13-15-17-18-19-20-21. Trabalho fora e ainda manipula meu salário. Faz tratamento do silêncio qdo algo não lhe agrada..só resolve se eu for atrás e pedir pra conversar. Quer escolher meu modo de vestir, de me portar. Faz jogos emocionais se não faço algo que ele quer. Até meu filho ja nota que a casa fica mais agradável qdo ele esta trabalhando.Foi ao que comecei a ficar alerta e a pesquisar sobre. As vezes fico pensando será que eu estou vendo coisas demais?? Sabe, tentando justificar...não reconhecer...sei lá. To perdida. Mas agora acho q não vai ter volta. Foram 9 anos assim. Não quero mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina! Você aguentou tempo demais! Esse cara já está fazendo hora-extra excepcional na sua vida. Se ele não for embora, vá você. Vai ver como a sua vida vai melhorar 1000%

      Excluir
  13. Acho que estou abusando emocionante do meu marido o que fazer? Preciso de tratamento? Amo muito ele é não quero perde-lo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também quero ajuda... tudo o que eu queria era ser uma boa namorada, socorro... tenho medo da terapia não ajudar... tenho medo de tudo... me sinto muito mal, por favor

      Excluir

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.