Os 10 Problemas Mais Comuns em Relacionamentos e Maneiras Rápidas de Corrigir

Relacionamentos podem ser perfeitos. Mas isso não significa que ele não terá os seus problemas. Descubra os grandes problemas em um relacionamento e aprenda a corrigi-los.

Se relacionar com o sexo oposto é uma das primeiras coisas que todos nós aprendemos a fazer.

Nós não queremos é nos decepcionar.

Mas, ainda assim, esquecemos o quanto algo é realmente importante para nós enquanto não o perdemos.

E, geralmente, só depois que perdemos é que percebemos a sua importância e valor.

Quer saber quais os grandes problemas em um relacionamento e o que você pode fazer para superá-los?

Problemas em um relacionamento


Dependendo do tipo de relacionamento que você compartilha com seu parceiro, os problemas que houver entre vocês podem ser únicos.

Mas quase sempre, todos os problemas em um relacionamento encontram se concentram em dez grandes áreas.

Em algum ponto ou outro, esses problemas têm uma maneira prejudicar seu romance.

Fique de olho nessas questões e aprenda como superá-las, e você vai ver como pode ser fácil eliminar todas as frustrações que experimenta em um relacionamento.

10 grandes problemas que precisam de sua atenção


Lembre-se disso, você não pode impedir que problemas surjam em seu relacionamento, não importa o quão perfeito o relacionamento é. O que você pode fazer em vez disso  é eliminar a frustração, logo que você identificar o problema.

1 A falta de comunicação. No início do relacionamento, as conversas são emocionantes e divertidas. Tanto que  vocês gastam muito tempo para conhecer um ao outro. Mas à medida que o tempo passa, os amantes se esqueça de fazer as mesmas perguntas novamente.

Estamos todos mudando o tempo todo em nossas preferências e na forma como olhamos para a vida. Não assuma que você sabe tudo sobre o outro ou seu romance vai começar a estagnar ou um de vocês começará a confiar em alguma outra pessoa que parece ser mais compreensivo.

2 Falar a verdade. Você realmente confia no seu parceiro? Existem dois tipos de confiança em um relacionamento. Em primeiro lugar, você confia em seu parceiro o suficiente para se sentir confortável quando ele sair para jantar com outra pessoa? Se você não se sente bem com isso, talvez  você esteja insegura ou seu relacionamento ainda é muito frágil.

E em segundo lugar, você confia nas decisões do seu parceiro? Você acha que seu parceiro é capaz de tomar decisões importantes em relação a vocês ? Se você não pode confiar em seu parceiro com as decisões que alteram a vida, é óbvio que você não respeita o seu parceiro ou as suas opiniões . E isso nunca é um bom sinal em um relacionamento de longo prazo.

3 O ciúme e a insegurança. Casais inseguros estão sempre trancados em um ciclo de ciúme e raiva. Quando você sente ciúmes sobre a atenção que seu parceiro recebe ou a sua recente promoção, você não está ajudando-o a se tornar uma pessoa melhor. É como um pai que está com raiva de seu filho porque a criança está se "muito divertido" .

Você precisa aprender a ter fé em si e no relacionamento. Em vez de deixar a negatividade crescer dentro do relacionamento, aprende a gostar dos sucessos de cada um. Afinal de contas, o seu parceiro é a sua cara-metade  e todas as realizações de deles são as suas realizações também, não é?



4 Incompatibilidade no amor. Amor à primeira vista e a paixão podem durar vários meses. E eles fazem um bom trabalho em mascarar as diferenças em um relacionamento. Tão perfeito quanto duas pessoas podem ser, às vezes, eles simplesmente não podem ser perfeitos para o outro.

Se você está namorando alguém com quem você não tem nada em comum, você precisa decidir sobre a próxima etapa. Tente encontrar interesses comuns que ambos gostam ou é melhor cada um seguir o seu próprio caminho em vez de viverem em frustrações.

5 Perda de desejo sexual. Isso não é ciência de foguetes. Com o tempo, é inevitável a perda do desejo sexual dos primeiros meses ou anos de um relacionamento. Enquanto vocês dois, no inicio, tinham dificuldades em manter suas mãos longe um do outro, agora o sexo pode começar a parecer uma tarefa.

Este é um problema muito comum nos relacionamentos e ainda assim, é um dos mais fáceis de resolver. Sempre procurem novas maneiras de recriar o alto sexual das primeiras vezes e sempre busquem novidades. Façam sempre algo diferente e evitem a rotina sexual. Surpreenda!!!

6 Dinheiro! Qualquer pessoa em um relacionamento a muito tempo vai saber o quão importante é o dinheiro ou a falta que ele faz. Se seus amigos ganham muito mais do que você ou seu parceiro, isso vai acabar frustrando ambos. E, por outro lado, se você ganhar muito mais do que seus amigos, haverá amor e felicidade em suas vidas.

É um fato estúpido da vida. Mas a nossa própria felicidade é extremamente dependente da maneira como os outros nos veem. Se você está tendo dificuldades em seu relacionamento por causa de dinheiro, talvez seja hora de mudar de amigos e ver a diferença .

7 Mudança de prioridades. Você pode estar em um relacionamento, mas isso não muda quem você é. E é aí que começa o problema. Como indivíduos, evoluímos e mudamos o tempo todo. Você não é a pessoa que era no ano passado e você não vai ser a pessoa que é agora no próximo ano.

E, assim como você, seu parceiro também está mudando constantemente. E, de vez em quando, você e seu parceiro podem sofrer alterações que vão  afasta-los um do outro. E em breve, vocês podem ter nada em comum. Passe tempo suficiente com o outro e tentem evoluir juntos em uma direção similar. Falar sobre suas crenças e os seus interesses um com o outro é que vai ajudar vocês a crescerem juntos no mesmo caminho .

8 Tempo. Vocês não tem tempo suficiente para passar um com o outro? Nos dias de hoje, o tempo é um luxo que a maioria dos amantes não podem pagar. Quando vocês começam a gastar muito tempo longe um do outro, é só uma questão de tempo antes que um de vocês comecem a fazer a grande pergunta: "Será que eu preciso do meu parceiro na minha vida ?"

Não se afastem até chegar ao ponto em que ambos não precisem estar um com o outro mais. Encontrem maneiras de fazerem passatempos emocionantes ou passem as noites saindo em pequenos encontros para café ou sorvete . Isso promove grandes conversas e vai aproximar vocês também.

9 Espaço e crescimento individual. Agora isso é contraditório com o problema anterior nos relacionamentos. Mas ainda é algo para observar. Muita coisa boa pode vir a ser muito ruim. Quando você está em um relacionamento, passar o tempo com o outro é muito importante. Mas, ao mesmo tempo, passar tempo longe um do outro é fundamental também.

Ao passar muito tempo juntos vocês, inconscientemente, se sentem isolados do resto do mundo. E quando isso acontece, vocês anseiam por qualquer atenção de outras pessoas interessantes apenas para se sentir melhor em relação si mesmo e sua capacidade de se comunicar. E você sabe as consequências quando isso acontece, né?

10 Você ainda está apaixonado? Este é o maior problema em um relacionamento e um que é mais difícil de superar. Apaixonar-se é fácil. Permanecer não é. O amor é um delicado equilíbrio entre a dependência e a paixão. Quanto você precisa de seu parceiro? Quanto você ama e quer o seu parceiro?

Quando a excitação sexual e o entusiasmo desaparecer, o que você tem que segure vocês dois juntos? A relação nunca deve ser baseada somente em sexo. Ela precisa de compatibilidade e de entendimento e,  definitivamente, precisa de confiabilidade. Permanecer no amor para sempre não é fácil, mas com um pouco de esforço, pode dar sentido às suas vidas.

Problemas em um relacionamento podem ir e vir. Mas se você ficar cara a cara com estes 10 grandes problemas, não se esqueça desses conselhos. Podem custar-lhe a própria relação.
Compartilhe no Google Plus

Sobre Luciana Costa

Blogueira e escritora independente. Sou amante da literatura e das artes. Também amo minha liberdade, minha família, meus amigos. Gosto de aprender e gosto de ensinar.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Texto? Deixe um comentário!
Obs: todos os comentários são moderados antes de serem liberados e exibidos no blog. Comentários anônimos são aceitos, palavrões e insultos, não. Se desejar comentar anonimamente, assine com um pseudônimo.